COIMBRA,18 de Maio de 2022

Câmara de Coimbra estabelece parceria com três Escolas do Politécnico

3 de Março 2022 Rádio Regional do Centro: Câmara de Coimbra estabelece parceria com três Escolas do Politécnico

Francisco Veiga, Rui Antunes (ESEC), José Manuel Silva, Mário Velindro (ISEC), Pedro Costa (ISCAC) e Ana Cortez Vaz

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) assinou, esta quarta-feira, protocolos de cooperação com três escolas do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), num passo que procura traduzir “a abertura” da autarquia à sociedade e potenciar trabalho conjunto.

O presidente da CMC, José Manuel Silva, assinou protocolos de cooperação com o Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra (ISCAC), com o Instituto Superior de Engenharia de Coimbra (ISEC) e com a Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC).

Os protocolos traduzem “a abertura da Câmara à sociedade”, frisou José Manuel Silva, realçando que os acordos assinados permitem uma maior cooperação entre o Município e aquelas três Escolas que fazem parte do IPC, permitindo a realização de estágios profissionais de alunos na autarquia, bem como a facilitação de formação de funcionários camarários naquelas instituições.

Os protocolos prevêem também a abertura para a colaboração para intervenções municipais, bem como apoio da autarquia na realização de projectos de investigação das diferentes instituições.

“O desafio que isto coloca à Câmara é enorme, com a entrada de pessoas ávidas de aprender. É um desafio que obriga a Câmara a ser cada vez melhor, para acompanharmos a evolução do conhecimento e o desafio que os alunos e investigadores nos colocam”, realçou o presidente do Município.

José Manuel Silva frisou que a Câmara pretende que o saber e conhecimento de cada uma das escolas possa “provocar” e questionar as práticas autárquicas, numa relação que se quer “simbiótica”.

“A nossa perspectiva é a de uma Câmara aberta, pronta a ser desafiada e a desafiar as principais instituições do concelho”, salientou.

O presidente da ESEC, Rui Antunes, apontou para cursos nas áreas da cultura ou da educação em que poderá haver recepção de estagiários nos serviços do Município, mas apontou também para o passo que se dá na necessidade de as instituições vivas da cidade, que por vezes “trabalham de forma isolada”, assumirem uma postura de cooperação e de diálogo.

Também o presidente do ISEC, Mário Velindro, destacou a importância de as instituições desenvolverem “projectos em conjunto”, apontando, por exemplo, para a cooperação que pode ser feita na área das ‘smart cities’, por forma a ajudar Coimbra a “tornar-se numa região mais inteligente e mais desenvolvida”.

O presidente do ISCAC, Pedro Costa, sublinhou que a instituição que dirige pode transmitir o seu “know-how” nas áreas em que trabalha, mostrando-se ao dispor da Câmara para os projectos que possam surgir.

Estes protocolos entram em vigor hoje, sendo válidos pelo período de dois anos, automaticamente renovável, por igual período, se não houver lugar a denúncia do mesmo por qualquer uma das partes outorgantes.

A assistir à cerimónia esteve o chefe de gabinete do presidente do IPC, Nuno Cunha, em representação de Jorge Conde, que por constrangimentos de agenda não pôde estar presente.

Fonte: Campeão das Províncias

Ouça aqui:

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM