COIMBRA,4 de Março de 2024

Revolução feminina e negra de sete mulheres em palco na sexta-feira em Coimbra

17 de Janeiro 2024 Rádio Regional do Centro: Revolução feminina e negra de sete mulheres em palco na sexta-feira em Coimbra

O contributo das mulheres negras para as lutas de libertação dos países africanos vai ser recordado na próxima sexta-feira, em Coimbra, pela mão do colectivo Aurora Negra, que coloca em palco o espectáculo “A Missão da Missão”.

“A Missão da Missão”, que se estreou no mês passado em Lisboa, terá apresentação única no Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), na cidade de Coimbra, pelas 21h30.

A partir de “A Missão”, de Heiner Müller, Cleo Diára, Nádia Yracema e Isabél Zuaa, que compõem o colectivo Aurora Negra, criaram um espectáculo de teatro e dança, que coloca em palco sete actrizes.

“A Missão da Missão” traz à cena a memória do contributo das mulheres negras para as lutas de libertação dos países africanos e “de quem a História se tem esquecido”.

As três criadoras expandiram a narrativa sobre “as mulheres negras que a História apagou”, construindo uma revolução feminina e negra de sete mulheres em ciclos constantes de esperança.

As três autoras explicaram que este recontar da História surgiu na sequência de um desafio deixado pelo director do Teatro do Bairro Alto, Francisco Frazão, que pretendia revisitar a obra de Heiner Müller.

“Aceitámos o desafio, mas quando confrontadas com a obra, percebemos que aquelas palavras tiveram o seu valor no seu tempo, para o autor, mas que não cabiam nas nossas bocas. A obra foi importante para nos questionarmos sobre a luta e quais eram as figuras mais destacadas, percebendo que as mulheres eram poucas vezes mencionadas, apesar da sua importância na luta”, referiram.

As autoras decidiram então, através de uma visão feminina, fazer a sua “Missão da Missão”, recontando a história “a partir de especulações e com especulações”.

“Imaginando o que é que foi para algumas dessas mulheres fazerem parte dessa luta de libertação. Tentámos também trazer certas questões nossas, questões actuais com que nos deparamos nos dias de hoje”, concretizaram.

No entender das autoras, “A Missão da Missão” é algo que está constantemente a ser construído, “como se fosse uma estafeta”.

“Elas cumpriram as suas missões, nos seus tempos, mas o que é que nos cabe a nós cumprir neste momento? Acho que ‘A Missão da Missão’ traz muitos questionamentos sobre a História, mas também traz muitos sonhos, muitas vontades e muita utopia, de um lugar onde queremos que as missões se cumpram”, indicaram.

“A Missão da Missão” é o terceiro espectáculo deste colectivo que interpreta ao lado de outras actrizes negras: Aisha Noir, Ana Valentim, Rita Cruz e Romi Anuel.

A peça vai estar em cena no Teatro do Campo Alegre, no Porto, nos dias 9 e 10 de Fevereiro.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM