COIMBRA,18 de Julho de 2024

Remodelação tecnológica do Mercado D. Pedro V com investimento de 170 mil euros

28 de Julho 2023 Rádio Regional do Centro: Remodelação tecnológica do Mercado D. Pedro V com investimento de 170 mil euros

José Manuel Silva, acompanhado dos vereadores Ana Bastos e Miguel Fonseca, visitou hoje, dia 28 de Julho, o Mercado Municipal D. Pedro V para assinalar a conclusão da remodelação tecnológica feito no espaço, com um investimento de cerca de 170 mil euros. Para além de garantir uma maior eficiência energética ao edifício, este investimento representa mais uma aposta na dinamização do Mercado, que conta com novas lojas, após as três hastas públicas já realizadas. Depois de uma breve apresentação de toda a remodelação, por parte dos serviços municipais, o Executivo fez uma breve visita pelos vários estabelecimentos, onde foi denotado o acréscimo de clientes e a forte dinamização do Mercado.

Os trabalhos de remodelação abrangeram três áreas distintas no Mercado, designadamente a rede de telecomunicações, uma necessidade face aos desenvolvimentos da tecnologia. Esta actualização permite que as novas redes de cabos possam “sustentar” soluções inovadoras, com base nos recentes desenvolvimentos tecnológicos, sem comprometer a qualidade, funcionalidade e segurança.

Outra das áreas contempladas foi a instalação de um sistema de portas automáticas que permite garantir condições de eficiência energética do sistema de climatização e de ventilação. Deste modo, melhorou-se o comportamento térmico do edifício. Na sequência da entada em funcionamento dos Serviços de Atendimento Geral da CM de Coimbra no Mercado, houve, ainda, a necessidade de instalar uma porta automática, na entrada do espaço destinado a sala de atendimento, que permite a separação entre este espaço e a respectiva zona de circulação.

Foi, ainda, instalada uma porta corta-fogo no acesso entre o estacionamento subterrâneo e o Mercado, que visou melhorar a segurança contra incêndios. Ainda nesta área, foi remodelado o Sistema Automático de Detecção de Incêndio, nomeadamente a Central SADI, que se encontrava instalada há cerca de 20 anos, que se encontrava em fase descontinuada de fornecimento, correndo o risco de o sistema entrar em risco de obsoletismo.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM