COIMBRA,18 de Julho de 2024

Politécnico de Coimbra reforça compromisso com a sustentabilidade no “Centro Green Deal”

3 de Julho 2024 Rádio Regional do Centro: Politécnico de Coimbra reforça compromisso com a sustentabilidade no “Centro Green Deal”

O Politécnico de Coimbra (IPC) reafirma o seu compromisso com a sustentabilidade ao participar na segunda edição do projecto “Centro Green Deal”, uma iniciativa promovida pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), formalizada ontem, dia 2 de Julho, com a assinatura da Carta de Compromisso da iniciativa.
O projecto visa implementar procedimentos de compras públicas que respeitem os princípios da economia circular, contribuindo para a redução de impactes ambientais e promovendo um desenvolvimento mais sustentável.
Segundo Ana Ferreira, vice-presidente do IPC e responsável pela área da Sustentabilidade, esta participação e partilha “espelha o compromisso inabalável do Politécnico de Coimbra com a sustentabilidade e a responsabilidade ambiental, social e económica”. Estamos empenhados em continuar a liderar pelo exemplo, promovendo práticas e iniciativas que não só respeitem o ambiente, como também contribuam ativamente para a concretização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”, afirma a dirigente, que esteve presente no evento e assinou a Carta de Compromisso em nome da instituição.
A adesão do IPC à segunda edição do Centro Green Deal, que decorre até Junho de 2025, dá continuidade à sua participação desde a primeira edição, sublinhando o compromisso contínuo da Instituição com a adoção de práticas inovadoras e sustentáveis na sua atuação.
Desde Abril de 2019, quando integrou a primeira edição, que o IPC tem implementado diversas acções para promover a economia circular. Estas acções incluem a adopção de critérios de circularidade em processos de aquisição, visando, entre outros, reduzir a produção de resíduos e promovendo a reutilização de materiais e a diminuição do consumo de energia e água. Além disso, foram realizadas acções de formação para os trabalhadores dos serviços de compras e aprovisionamento do IPC com a finalidade de os capacitar para a incluir critérios circulares nas aquisições.

Entre 2019 e 2023, o IPC realizou diversas aquisições públicas com critérios ambientais, totalizando 1.562.513,00 euros. Estas aquisições incluíram garrafas de vidro 100% recicláveis e reutilizáveis, bicicletas elétricas, equipamento informático e de multimédia, aluguer operacional de equipamentos de cópia, impressão e digitalização, máquinas dispensadoras de água, aquisição de bens alimentares para as Cantinas e Cafetarias dos Serviços de Ação Social do IPC, entre outras. Estas práticas têm gerado impactes positivos significativos, como a redução da produção e consumo de plástico, a diminuição da produção de resíduos e do consumo de matérias-primas, a sensibilização para o consumo de água da rede e a redução das emissões de poluentes associadas à produção e ao transporte de bens. Além disso, houve um incentivo ao consumo de produtos locais e sazonais.
Para além do “Centro Green Deal”, o IPC também participa no Pacto Institucional para a Valorização da Economia Circular na Região Centro, promovido pela CCDRC. Este Pacto visa integrar uma estratégia de crescimento económico baseada na economia circular, valorização do território e descarbonização da economia. Com a assinatura da segunda edição do Centro Green Deal, o IPC reafirma a sua intenção de continuar a incorporar critérios de circularidade nas suas aquisições, tornando a Instituição cada vez mais sustentável e amiga do ambiente. “O Politécnico de Coimbra continua a ser uma referência na promoção da sustentabilidade e da economia circular, contribuindo para um futuro mais verde e responsável”, assegura a vice-presidente Ana Ferreira.

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM