COIMBRA,3 de Dezembro de 2021

Miranda do Corvo volta a aumentar apoio financeiro aos Bombeiros Voluntários

7 de Março 2021 Rádio Regional do Centro: Miranda do Corvo volta a aumentar apoio financeiro aos Bombeiros Voluntários

A Câmara Municipal de Miranda do Corvo aumentou o apoio financeiro à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários, passando o valor mensal da verba autárquica a ser de 10 000 euros.

De acordo com o Executivo, esta ajuda “tem vindo a subir todos os anos desde 2014, altura em que foi assinado o primeiro protocolo entre as duas entidades”.

Do valor dado pela autarquia, 7 500 euros serão usados em despesas de funcionamento e os restantes 2 500 destinam-se a gastos com os equipamentos necessários à actividade operacional.

A Câmara Municipal informou, ainda, que se mantêm cláusulas do acordo de 2014, no qual está previsto que o Município forneça “o combustível para combate a incêndios florestais e para actividade de Protecção Civil Municipal, quando as ocorrências acontecerem dentro do concelho”.

Para além da verba mensal, a autarquia terá de pagar mais 2 500 euros, devido à iriação de uma Equipa de Intervenção Permanente (EIP) no concelho.

Nos últimos anos, a Câmara Municipal de Miranda do Corvo “tem aprovado a atribuição de apoios extraordinários à corporação para aquisição de viaturas ou, mais recentemente, de equipamento de protecção individual devido à pandemia da covid-19”.

Jornal Campeão das Províncias

A Câmara Municipal de Miranda do Corvo aumentou o apoio financeiro à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários, passando o valor mensal da verba autárquica a ser de 10 000 euros.

De acordo com o Executivo, esta ajuda “tem vindo a subir todos os anos desde 2014, altura em que foi assinado o primeiro protocolo entre as duas entidades”.

Do valor dado pela autarquia, 7 500 euros serão usados em despesas de funcionamento e os restantes 2 500 destinam-se a gastos com os equipamentos necessários à actividade operacional.

A Câmara Municipal informou, ainda, que se mantêm cláusulas do acordo de 2014, no qual está previsto que o Município forneça “o combustível para combate a incêndios florestais e para actividade de Protecção Civil Municipal, quando as ocorrências acontecerem dentro do concelho”.

Para além da verba mensal, a autarquia terá de pagar mais 2 500 euros, devido à iriação de uma Equipa de Intervenção Permanente (EIP) no concelho.

Nos últimos anos, a Câmara Municipal de Miranda do Corvo “tem aprovado a atribuição de apoios extraordinários à corporação para aquisição de viaturas ou, mais recentemente, de equipamento de protecção individual devido à pandemia da covid-19”.

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM