COIMBRA,24 de Fevereiro de 2024

Mealhada aposta na compostagem comunitária e doméstica com apoio da juventude

25 de Março 2023 Rádio Regional do Centro: Mealhada aposta na compostagem comunitária e doméstica com apoio da juventude

A Mealhada vai apostar na compostagem comunitária e doméstica, e prevê instalar uma dúzia de ilhas de compostagem comunitária e cerca de 200 compostores domésticos no concelho, contando com os jovens como “embaixadores” deste projecto, revelou a Câmara Municipal.

O vereador da Câmara Municipal da Mealhada, Hugo Silva, explicou que os jovens vão ser os grandes embaixadores de um projecto que prevê reduzir os resíduos orgânicos que seguem para aterro.

“Os jovens serão os embaixadores da sustentabilidade, quer na disseminação deste projecto da compostagem, como estamos também a puxá-los para depois serem eles também a sensibilizar e informar a comunidade, no que diz respeito a questões como o consumo da água, eficiência energética ou outros projectos que já temos a correr relacionados com a recolha selectiva de resíduos”, destacou.

Com um investimento que ronda os 66 mil euros, este projecto de valorização dos biorresíduos surgiu no âmbito de uma candidatura conjunta ao Fundo Ambiental, levada a cabo pelos 19 municípios que compõem a Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra.

Será “implementado em várias fases”.

A candidatura garantiu um financiamento na ordem dos 43 mil euros, “sendo o restante valor suportado pelo Município da Mealhada”, que “já tinha a pretensão de implementar um projecto destes”.

“Curiosamente, não foi financiada a parte do projecto a que atribuíram o maior mérito, que tem a ver com o envolvimento da comunidade, em especial dos mais jovens. Estes jovens vão ter um processo formativo de capacitação, que irá ocorrer na Mata Nacional do Bussaco, em 15 e 16 de Abril, e que vai permitir que fiquem preparados para sensibilizar as suas famílias para a importância destas práticas”, sustentou.

As 12 ilhas de compostagem comunitária serão espalhadas pelas freguesias do concelho, enquanto os 200 compostores domésticos seguirão para escolas, instituições particulares de solidariedade social, bem como para algumas residências familiares.

Serão ainda distribuídos mil baldes de sete litros pelos utilizadores dos compostores.

“No fundo, estamos a reforçar a capacidade de produção de compostagem no concelho, retirando a pressão do circuito normal, enviando material orgânico para a terra”, concluiu.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM