COIMBRA,18 de Setembro de 2021

“Juntos Somos Coimbra” viu “degradação” na Mata Nacional de Vale de Canas

27 de Agosto 2021 Rádio Regional do Centro: “Juntos Somos Coimbra” viu “degradação” na Mata Nacional de Vale de Canas

Uma comitiva da coligação “Juntos Somos Coimbra”, com forte presença da equipa candidata à Freguesia de Torres do Mondego, reuniu-se na Mata Nacional de Vale de Canas com o objectivo de perceber o actual estado daquele espaço, bem como as potencialidades.

“Placas informativas completamente degradadas, um jardim de ervas aromáticas quase inexistente, circuitos desportivos totalmente degradados, falta de manutenção e de limpeza” foram as principais evidências encontradas pela coligação e que, segundo esta, “denotam que a Mata Nacional de Vale de Canas está em claro abandono”.

“Apesar de estar sob responsabilidade do ICNF, José Manuel Silva sublinhou que é obrigação da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) usar o seu poder para pressionar as instituições competentes para dignificar os espaços da cidade, potenciando o usufruto dos munícipes”, refere a coligação.

Segundo o relato desta candidatura aos órgãos autárquicos de Coimbra. “a comitiva teve ainda a oportunidade de descer à parte inferior da Mata, onde se encontra a árvore mais alta da Europa. Com 75 metros de altura e cerca de 5,7 metros de diâmetro é bem visível o eucalipto mais famoso de Vale de Canas”.

“Com todos estes factores distintivos, a que se acrescenta o facto de nos anos 70 a Mata já ter acolhido um mini Jardim Zoológico ou ainda, anos mais tarde, um Centro de Recuperação de Aves, a Mata deve ser explorada e dinamizada, não podendo continuar ao abandono”, refere a coligação.

No programa da coligação para a Freguesia de Torres do Mondego consta como objectivo “Diligenciar a beneficiação da Mata Nacional de Vale Canas e promover a reabertura do quiosque”.

Visita ao Centro Social de Castelo Viegas

Também na quinta-feira, a coligação Juntos Somos Coimbra foi até Castelo Viegas, para visitar o Centro Social. José Manuel Silva, acompanhado de uma comitiva da coligação, foi recebido por representantes da jovem Direcção do Centro Social de Castelo Viegas, com as valências de creche, ATL e apoio domiciliário. Depois de cerca de 40 anos com a mesma Direcção, em 2019 o Centro Social esteve em risco de fechar até que jovens dirigentes, com novas ideias, assumiu os comandos.

“Com o aproveitamento do enquadramento rural do espaço do Centro, a Direcção aposta na educação no exterior e em contacto permanente com as vivências rurais da aldeia e da comunidade onde se insere. E é este aspecto diferenciador que tem permitido chegar a cada vez mais crianças e conseguir a ocupação de cerca de 80 crianças no próximo ano lectivo”, refere a coligação eleitoral.

“Face aos difíceis acessos, a instituição tem procurado corrigir este aspecto, que é uma das suas prioridades, mas sem qualquer apoio institucional da CMC”, refere a coligação “Juntos Somos Coimbra, com José Manuel Silva a explicou que “deve ser a autarquia a resolver esta questão, dialogando com os privados, pois é a CMC que tem os meios adequados e o peso institucional para ultrapassar o problema”.

Segundo a coligação, “a instituição deu ainda conta da falta de ligação directa com a CMC, em contraste com a excelente e próxima relação que mantém com a Junta da União de Freguesias de Santa Clara e Castelo Viegas”.

Jornal Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM