COIMBRA,2 de Agosto de 2021

Figueira da Foz: concurso de 18 milhões para reabilitar ponte Edgar Cardoso

16 de Março 2021 Rádio Regional do Centro: Figueira da Foz: concurso de 18 milhões para reabilitar ponte Edgar Cardoso

O concurso público para reabilitar e reforçar a Ponte Edgar Cardoso, na Figueira da Foz, investimento de 18 milhões de euros, foi lançado, anunciou hoje a Infraestruturas de Portugal.

A empresa informou que foi publicado em Diário da República, ontem (15), o concurso público para a contratação da empreitada de reabilitação e reforço na ponte Edgar Cardoso, sobre o rio Mondego, situada ao quilómetro 118,108 da Estrada Nacional 109.

“Esta empreitada envolve um investimento estimado em 18 milhões de euros e um prazo de execução previsto de 720 dias”, refere a nota da Infraestruturas de Portugal, explicando que as intervenções previstas “consistem, essencialmente, na substituição integral do sistema de tirantes da ponte por um sistema de nova geração, bem como a beneficiação geral da obra”.

Nesta beneficiação estão contemplados, entre outros trabalhos, a protecção das superfícies de betão das torres e anticorrosiva da estrutura metálica do tabuleiro da ponte; a limpeza, decapagem e pintura dos guarda-corpos, incluindo reparação dos módulos danificados; a substituição do revestimento existente nos passeios e das juntas de dilatação; e a alteração do sistema de iluminação pública.

A Infraestruturas de Portugal adianta que a Ponte da Figueira da Foz, projectada pelo professor Edgar Cardoso, “foi a primeira ponte rodoviária com o tabuleiro ‘atirantado’ realizada em Portugal, tendo sido aberta ao tráfego em 1982”.

“Esta travessia sobre o rio Mondego, também conhecida como Ponte da Figueira da Foz, tem um desenvolvimento total de 1 421 metros”, esclareceu.

A empresa explica que se trata de uma “ponte de tirantes [cabos de aço] que está dividida em três tramos”.

Fonte da empresa disse à agência Lusa que o lançamento deste concurso integra o programa anual de investimentos da Infraestruturas de Portugal na melhoria das infraestruturas que tutela, sendo que o investimento será realizado com capitais próprios.

“A expectativa da empresa é que a obra possa arrancar no final deste ano ou início do próximo”, afirmou a mesma fonte.

Jornal Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM