COIMBRA,20 de Maio de 2022

Figueira da Foz: Associação Viver em Alegria assinala 23 anos

26 de Janeiro 2022 Rádio Regional do Centro: Figueira da Foz: Associação Viver em Alegria assinala 23 anos

Na Figueira da Foz, a Associação Viver em Alegria celebra, sexta-feira (dia 28), 23 anos de trabalho em prol da comunidade, nomeadamente junto das famílias mais carenciadas e da população sénior.

Através de valências como o Centro de Apoio à Vida Dr.ª Natércia Crisanto (CAV), Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental (CAFAP) e Universidade Sénior, ou dos seus mais diversos projectos, como a Distribuição Alimentar, Banco da Maternidade e da Criança, Novas Trajectórias para a Parentalidade e as Hortas Comunitárias, apoia mais de 300 agregados familiares.

“Comemorar 23 anos de uma instituição é algo que, de facto, merece ser celebrado por uma comunidade. Um bem-haja a todos os que em 1999 se reuniram, e, movidos pelo mesmo sonho, lançaram as bases para que esta associação se viesse a tornar uma realidade. A Associação Viver em Alegria nasceu assim de um sonho, mas também de uma necessidade de dar uma resposta de qualidade e proximidade às famílias e séniores da sua comunidade, através das diversas respostas sociais e projetos que desenvolve, mas também da vontade de contribuir para uma sociedade mais solidária e ativa localmente”, refere a Direcção.

A Instituição refere que tem vindo a desenvolver o seu trabalho “sempre com a mesma determinação, no âmbito social, através do CAV e CAFAP”, e tem registado “um aumento de encaminhamentos, acompanhando um total de 130 famílias, não só no concelho da Figueira da Foz, mas também em Mira, Cantanhede e Montemor-o-Velho, desenvolvendo uma intervenção no âmbito da Educação Parental, Apoio Psicológico, Apoio Psicossocial, Mediação Familiar e Convívios Supervisionados entre pais e filhos”.

Através do Banco da Maternidade e da Criança, Banco Alimentar Contra a Fome, e, mais recentemente, do Programa Figueira Vale Mais (Município), continua a dar o seu apoio a crianças e famílias, com vista a minorar dificuldades sócio-económicas, agravadas pela pandemia, alcançando um total actual de cerca de 125 famílias. “Nesta área não podemos deixar de sublinhar a ajuda que temos recebido dos nossos sócios e da sociedade civil que de forma sistemática têm contribuído com bens alimentares”, refere a Direcção da associação.

No âmbito da população sénior, a Universidade continua igualmente a desenvolver o seu trabalho, apesar deste contexto de pandemia. Iniciou o actual ano letivo com aulas presenciais em todas as 32 disciplinas, respeitando escrupulosamente as normas da DGS, mas perante as circunstâncias actuais de agravamento da pandemia, decidiu a Direcção suspender as aulas práticas, que envolvem um risco acrescido de contágio pelo trabalho de proximidade, mantendo, porém, as de carácter teórico que decorrem nas instalações da Universidade, auditório do Museu Municipal e Quartel da Imagem, nas disciplinas que contam com um elevado número de alunos.

No próximo semestre, a iniciar a 7 de Março, manter-se-à o actual sistema, estando a Direcção atenta ao evoluir da situação pandémica, tencionando retomar as aulas presenciais em todas as disciplinas, logo que as condições sanitárias assim o permitirem.

As inscrições para o 2.º semestre decorrerão presencialmente no período de 21 a 25 de Fevereiro, pelo que a associação lança um apelo aos alunos e aos figueirenses em geral, convidando-os a que venham visitar as instalações, sitas no primeiro andar do Mercado Municipal e que se inscrevam nas disciplinas do seu agrado, na esperança de que “o segundo semestre nos devolva a liberdade de podermos novamente desenvolver em pleno todas as actividades programadas”.

“Finalmente, não podemos deixar de lembrar aqueles que se envolvem diariamente nesta causa: a equipa técnica, os sócios, dirigentes, beneficiários, alunos, voluntários e parceiros. A todos, o nosso muito obrigado por continuarem connosco a trilhar este caminho, muitas vezes difícil, mas que percorremos com determinação, porque a experiência nos tem ensinado que é nas duras batalhas que esta Associação se tem reinventado e crescido”, conclui a Direcção da “Viver em Alegria”.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM