COIMBRA,5 de Março de 2024

Escola Infanta D. Maria garante que nenhum aluno ficou excluído de visitas de estudo

6 de Março 2023 Rádio Regional do Centro: Escola Infanta D. Maria garante que nenhum aluno ficou excluído de visitas de estudo

A Escola Secundária Infanta D. Maria, em Coimbra, garantiu ontem que nenhum aluno ficou excluído de qualquer visita de estudo, conforme foi noticiado no sábado, e que decorrem actividades de angariação de fundos para permitir a inclusão de todos os estudantes.

A directora da escola, Cristina Ferrão, explicou que, de facto, a Secundária Infanta D. Maria (ESIDM), “no seu Plano de Actividades para o ano lectivo 2022/2023, tem prevista uma visita de estudo a Paris, de autocarro, para os alunos do 9.º ano (e não do 11.º ano, conforme foi noticiado), que decorrerá em Junho”.

“Trata-se de uma visita de cerca de uma semana, pelo que o preço é elevado. Para dar conhecimento das condições e do percurso, foi convocada uma reunião de pais. Nela, estiveram presentes os encarregados de educação destes alunos, as docentes organizadoras e a agência de viagens contactada para o efeito. O preço certo não foi estipulado, já que dependeria do número dos envolvidos”, disse a directora.

Cristina Ferrão explicou que, “na verdade, houve alunos que não se inscreveram, tendo os encarregados de educação suspeitado que tal se deveria a impossibilidade financeira”.

A peça distribuída no sábado diz que os encarregados de educação receberam uma informação que explicava: “Relativamente à situação de alunos/famílias sem condições para custear a visita de estudo, não nos compete a nós, professoras organizadoras, resolvermos esta questão”.

A directora da escola disse então ter recebido informação de alguns encarregados de educação “incomodados com o teor da resposta” daquelas professoras.

A directora explicou ter “agido, de imediato”.

“Enviei um email a todos os Encarregados de Educação envolvidos, apresentando desculpas, em nome da Escola, e frisando que a ESIDM é uma organização inclusiva, não exclusiva. Apresentei a minha disponibilidade para arranjar estratégias para ultrapassar esta situação (semelhantes às que já ocorrem, na Escola, para outros alunos, em situações similares) e reunir com os representantes dos Encarregados de Educação. O que veio a ocorrer, tendo, inclusive, estado presente o Encarregado de Educação que é mencionado na vossa peça jornalística. Nesta reunião, foram delineadas medidas para incluir os alunos que, por incapacidade financeira (ainda que não beneficiem de nenhum escalão do ASE), não poderiam vir a fazer parte desta visita. Tudo isto ficou sanado na semana de pausa lectiva do Carnaval. As actividades para angariação de fundos estão a decorrer”.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM