COIMBRA, 17 de Julho de 2019

Coimbra: XIV Mostra de Artesanato promete animar parque de S. Facundo

12 de Julho 2019

A União de Freguesias de Antuzede e Vil de Matos, no concelho de Coimbra, dá as boas-vindas à 14.ª edição da Mostra de Artesanato, que decorre de hoje (12) a domingo (14).

O evento realiza-se, como habitualmente, no Parque Verde de São Facundo, na estrada nacional entre a Geria e Ançã, que liga Coimbra a Cantanhede, e conta não só com artesanato como também com tasquinhas de “comes e bebes”, desde petiscos a doces típicos da região, e, claro, tudo sob animação de muita música, folclore, teatro e muito mais.

Conforme refere Diamantino Jorge, presidente da União de Freguesias de Antuzede e Vil de Matos, “as expectativas são sempre as mais altas em cada edição que passa. A mostra tem vindo a crescer em termos de visitantes e expositores presentes, por isso a perspectiva é sempre crescer cada vez mais”.

Com um cartaz que espera atrair bastantes visitantes, o primeiro dia da mostra começa por dar a conhecer o que de melhor se faz na freguesia ao nível de música com a actuação da Escola de Cavaquinhos da União de Freguesias, pelas 22h00.

Ainda no dia de hoje, mas pelas 22h30 será a vez do Grupo Fado Abafado subir ao palco e presentear todos os visitantes com a sua música.

A noite continua com a animação musical da Banda IRA, pelas 23h30, e Dj CAT, a partir da 01h30, para encerrar a noite do primeiro dia de festa.

Amanhã (13) a animação começará, também, pelas 22h00 com o ATL Estrelinhas a subir ao palco e a apresentar o romance “Adeus Tristeza”, um musical que espera fazer as delícias e surpreender todos os presentes.

A Banda HIT, já tão conhecida dos que assiduamente frequentam esta mostra de artesanato, irá “dar música” a partir das 23h30 de sábado (13).

A noite termina com mais um Dj, desta vez Alex Cavaleiro, que irá pôr todos a dançar a partir da 01h30.

O domingo (14), último dia do evento, está reservado ao artesanato, a abertura da mostra desta 14.ª edição está prevista para a 10h00, de forma a que todos possam apreciar o que de melhor os artesãos da zona têm para oferecer.

Apesar de no domingo estarem oficialmente abertos todos os expositores, a edição deste ano conta com uma novidade: “foram criadas condições de segurança para que a mostra de artesanato esteja aberta também na sexta-feira e no sábado à noite, ao contrário dos anos anteriores que apenas estava ao domingo. Este dia continua, no entanto, a ser o ponto alto uma vez que aí estarão abertos os expositores na sua totalidade”, anuncia o autarca.

São esperados cerca de 50 stands, onde vão ser apresentados artigos de artesanato da freguesia e, também, de fora do concelho. “São 47 expositores, o máximo que o espaço consegue suportar. Apesar de ser dada primazia aos artesãos da zona também aceitámos inscrições de alguns de fora”, confirma o presidente.

O desporto é outro dos motivos que leva muitos visitantes até à freguesia, e este ano voltou a não ficar esquecido, principalmente o solidário. Por isso no domingo decorrerá a II caminhada “O que nos Liga”, a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

A tarde de domingo (12), a partir das 15h30, será dedicada às associações e colectividades da freguesia, que este ano são cerca de 10 as que se farão representar na mostra.

Às 17h00 sobe ao palco o Rancho Folclórico das Cantarinhas Mocidade da Castanheira, e de seguida, pelas 18h00 o Grupo de Danças e Cantares da Cidreira.

A encerrar o dia e a animação musical da mostra, a partir das 19h00, será a vez do Grupo Ama Folk actuar.

Apesar de serem os espectáculos de palco que levam muita gente à freguesia ao longo dos dias de festa, a gastronomia é igualmente atractiva, onde os doces regionais marcam presença.

As tasquinhas serão da responsabilidade do tecido associativo da freguesia e, para além das doçarias, será possível degustar alguns pratos bem típicos da região como as enguias, chanfana, leitão e também a doçaria da zona como o arroz doce, bolo de Ançã, pastéis de Tentúgal, entre muitos outros.

Esta é uma forma das colectividades e associações obterem algumas receitas, sendo uma forte ajuda para a sobrevivência das mesmas.

O presidente da União de Freguesias anuncia, ainda, uma outra novidade que visa melhorar o acesso dos visitantes à mostra. Parara tal “foi criado um parque para viaturas, que fazia falta ao evento, para que as pessoas possam estacionar em segurança e que terá cerca de 200 lugares”.

“Ao longo do tempo fomos cativando as pessoas, elas gostam de vir, gostam de estar neste que é um espaço agradável”, conclui Diamantino Jorge.

 

Uma caminhada solidária

 

Após o sucesso do ano anterior, e de forma a implementar hábitos de vida saudáveis e solidários, a organização do evento volta a integrar nos seus festejos a caminhada “O que nos Liga”.

Esta é uma iniciativa a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro, organizada pelo grupo de voluntariado comunitário de Coimbra.

A caminhada terá início às 10h00, sendo que a concentração dos participantes está prevista a partir das 09h30 no Parque Verde de São Facundo.

As inscrições, que ainda estão abertas, podem ser realizadas através dos contactos da União de Freguesias de Antuzede e Vil de Matos ou da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Será distribuído um “Kit Caminhada” com o valor de cinco euros e que inclui uma t-shirt, água e um folheto informativo.

Jornal Campeão das Províncias


Todos os direitos reservados • Rádio Regional Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by DIGITAL RM

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com