COIMBRA,19 de Maio de 2024

Coimbra: Semana Europeia de Resíduos é assinalada de 20 a 24 de Novembro

19 de Novembro 2023 Rádio Regional do Centro: Coimbra: Semana Europeia de Resíduos é assinalada de 20 a 24 de Novembro

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra associa-se ao programa da Semana Europeia de Prevenção de Resíduos, de 20 a 24 de Novembro, com actividades dirigidas sobretudo aos alunos dos 1.º e 2.º
ciclos do Ensino Básico (EB) das escolas concelhias e com uma Feira de Resíduos, que vai decorrer no Complexo Olímpico de Piscinas Municipais. As actividades dirigidas aos mais novos procuram
promover comportamentos que incentivem a redução do consumo, contribuindo para a desaceleração das alterações climáticas. Este ano, o tema da Semana Europeia de Prevenção de Resíduos é “Embalagens”.
A Semana Europeia de Prevenção de Resíduos é a maior campanha de sensibilização sobre a prevenção de resíduos na Europa. O tema deste ano são as embalagens, uma opção justificada pelo facto de terem um enorme impacto no ambiente, mas serem usadas constantemente no nosso quotidiano. As embalagens ajudam-nos a conter, proteger, transportar e mesmo apresentar qualquer tipo de bens, e estão presentes em todas as etapas da cadeia de valor, desde o produtor até ao consumidor. Contudo, têm um enorme impacte ambiental. Em termos de utilização de material virgem, 40% dos plásticos e 50% do papel utilizados na União Europeia destinam-se a embalagens, ao passo que, olhando para a fase final da vida, representam 36% dos resíduos sólidos urbanos.
Assim, para assinalar a Semana Europeia de Prevenção de Resíduos e esta temática das embalagens, a CM de Coimbra desenvolveu, juntamente com os parceiros – Instituto Politécnico de Coimbra, Águas de Coimbra, Águas do Centro Litoral, ERSUC e Sociedade Ponte Verde –um vasto programa com animações, workshops, e outras actividades dirigidas aos alunos dos 1º ciclo e 2º ciclo do EB e dinamizadas por alunos das licenciaturas de Saúde Ambiental da Escola Superior de Tecnologia da Saúde, Escola Superior de Educação, Escola Superior Agrária e Instituto Superior de
Engenharia, em colaboração com as Caspae.
O programa prevê a realização de uma Feira de Resíduos, a decorrer desde segunda-feira, dia 20 de Novembro, até quarta-feira, dia 22, no Complexo Olímpico de Piscinas Municipais.
No âmbito da Feira, está previsto, no dia 21, às 11h00, o lançamento de um estudo de Bioresíduos e, no dia 22, uma visita nocturna no âmbito do Goll – projecto piloto, promovido pelo Município de
Coimbra, que conquistou o primeiro lugar entre as cinco candidaturas admitidas para apoio comunitário, e que tem como objectivo promover a consciência ambiental dos cidadãos através da actividade desportiva.
Do vasto conjunto de actividades que vão também decorrer na Feira, destaque para o workshop “Eco-Frascos e Embalagens”, realizado pelos anos do 2.º ano da licenciatura em Saúde Ambiental, que também dinamizam o workshop “Produtos de Cosmética Sustentável”. Já os alunos da Agrária de Coimbra, em parceria com a Equipa de Projecto @GIR do Politécnico, vão realizar um workshop sobre “Compostagem e Bioresíduos”. Referência, ainda, para a apresentação do projecto “CoollAsphalt – Reciclagem total de misturas betuminosas com óleo alimentar usado como
rejuvenescedor”, da responsabilidade do Instituto de Engenharia de Coimbra que, também, vai apresentar um “Laboratório Vivo de Energias Renováveis”, em parceria com o Caspae.
Referência, também, para a exposição “Resíduos a Circular”, com a chancela da Escola Superior de Educação, feita com materiais elaborados a partir da reutilização de resíduos, nomeadamente
candeeiros, brinquedos e artigos/peças elaborados a partir de resíduos de tecido de couro. E, ainda, para o workshop de criação de sacos de pão e “eco-tshirt” a partir de roupa usada, pelos alunos do 2.º ano da Licenciatura em Saúde Ambiental. Vai, também, ter lugar uma acção de troca e doação de roupa, dinamizada pelo Instituto Superior de Contabilidade e Administração – esta actividade funciona ao longo da Feira (20 a 22 de Novembro), pelo que nos períodos em que a actividade não puder ser assegurada pelo ISCAC, será assegurada por alunos da Escola Superior de Tecnologia da Saúde.
Os mais novos vão ter actividades didácticas, relacionadas com a temática dos resíduos, como a roleta com perguntas e prémios, jogo do ecoponto, jogo da glória e recorte de jornais e imagens alusivas à prevenção e gestão de resíduos. Estas acções vão ser realizadas por alunos do 2.º ano da Licenciatura em Saúde Ambiental e supervisionadas pelos alunos do 4.º ano da mesma licenciatura, a estagiar na CM de Coimbra e no Serviço de Saúde Ocupacional e Ambiental do IPC. Vai ser montada uma área com puffs, criados a partir de pneus, mesas e cadeiras para crianças e algumas plantas/arvores/arbustos, tornando a zona aprazível para as crianças.
A ERSUC vai dinamizar workshops relacionados com a prevenção e separação de resíduos, nomeadamente de embalagens, apresentar o Pacto Português para os Plásticos, o vídeo “Vamos
Reinventar o Futuro” e o jogo “Quanto queres”. A ERSUC vai fazer, ainda, no dia 23, uma acção de sensibilização junto dos feirantes da Feira dos 23. Já no último dia, às 11h00, a ERSUC e a Junta de Trouxemil vão lançar uma campanha porta a porta para recolha de resíduos.
As Águas de Coimbra e Águas do Centro Litoral vão realizar acções de sensibilização para a promoção consciente do consumo da água da torneira e redução de resíduos de embalagens provenientes do consumo de garrafas de água de plástico.
Por sua vez, a Sociedade Ponto Verde vai dinamizar o jogo Recicla Mania, uma actividade pedagógica destinada a grupos de crianças e jovens, na qual eles são os próprios peões do jogo. O objectivo é
ajudar a esclarecer dúvidas e ensinar boas práticas sobre a separação de resíduos, incluindo a colocação correcta de embalagens nos ecopontos.
Refira-se que a produção total de resíduos de embalagens na União Europeia aumentou de 66 milhões de toneladas em 2009 para 78,5 milhões de toneladas em 2019 (cerca de 173 kg por habitante). Nos últimos anos, as embalagens aumentaram mais rapidamente do que o rendimento nacional bruto, o que conduz ao aumento das emissões de CO2 e de outras emissões, sobre- exploração dos recursos naturais, à perda de biodiversidade e à poluição.
Dados do Eurostat mostram, ainda, que o aumento da utilização de embalagens é concebido de forma a inibir a reciclagem. Além disso, o aumento dos mercados de comércio electrónico gera cada vez mais embalagens que são, frequentemente, desnecessárias e que poderiam ser evitadas. Esta campanha fará o seu melhor para inspirar acções destinadas a evitar a utilização de embalagens e a
incentivar a reutilização de materiais.

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM