COIMBRA,3 de Dezembro de 2021

Coimbra garante consenso na candidatura a Capital Europeia da Cultura 2027

28 de Março 2021 Rádio Regional do Centro: Coimbra garante consenso na candidatura a Capital Europeia da Cultura 2027

Coimbra garantiu um amplo consenso em torno da candidatura a Capital Europeia da Cultura 2027 (CEC27). Depois do executivo municipal ter aprovado o “Pacto da Cidade” por unanimidade, na reunião de segunda-feira, a Assembleia Municipal seguiu o mesmo rumo, reforçando ainda a determinação com a aprovação por unanimidade de um voto de louvor ao grupo de trabalho, coordenado por Luís de Matos. Este documento já tinha sido apresentado também ao Conselho Municipal de Cultura de Coimbra, cujas propostas integram a versão final do documento.

Era um passo importante e decisivo na caminhada de Coimbra a CEC27. Ao desafio lançado pelo Ministério da Cultura no final do ano passado, em que eram feitas várias questões sobre a capacidade de o município acolher e organizar um evento desta dimensão, bem como pedidos de contributo sobre a estratégia cultural de longo prazo, conteúdo cultural e artístico e dimensão europeia, Coimbra respondeu com a criação de um Conselho Municipal de Cultura (que integra as principais organizações culturais, políticas e de ensino superior do município, bem como personalidades individuais), com uma edição do Orçamento Participativo inteiramente dedicada à candidatura – com uma dotação de meio milhão de euros – e com um “Pacto de Cidade”.

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, salientou, na sessão da Assembleia Municipal, que este é um “desafio para beneficiar a cidade e o país”, que a candidatura tem um “espírito de abertura e de congregação” e que interessa “sobretudo o ‘day after’, isto é, o que fica e não apenas um evento efémero”. O autarca destacou as realizações do Grupo de Trabalho da candidatura, coordenado pelo mágico Luís de Matos, agradecendo em nome do município tudo o que têm feito.

Já Luís de Matos, que lidera do Grupo de Trabalho, vê nesta aprovação política “um sinal de grande afirmação de Coimbra, que a abrirá ainda mais, e ao longo dos próximos meses, ao país e à Europa, numa caminhada que é, ela própria, uma prova da capacidade e envolvimento de todos dos conimbricenses”.

O “Pacto de Cidade” é um documento agregador de compromisso inequívoco sobre a vontade, capacidade e determinação em torno da candidatura de Coimbra a CEC27. Elaborado pelo Grupo de Trabalho da candidatura, depois de ouvidas as entidades e personalidades locais, o documento foi submetido ao executivo municipal, que o discutiu e aprovou por unanimidade na reunião do passado dia 22 de Março. O documento seguiu depois para a Assembleia Municipal que, na sessão de hoje, o aprovou também por unanimidade.

A votação tem mais que um valor simbólico. É um passo de afirmação clara de Coimbra nesta caminhada, que legitima as suas aspirações a ser a cidade escolhida, depois dos sucessos de Lisboa, Porto e de Guimarães. A partir de agora, e com a cidade envolvida em uníssono, o caminho está definido para os últimos nove meses de preparação, que culminarão na apresentação do Bid Book, onde se vão reunir todas as propostas, metas, competências, investimentos e processos que pretendem elevar Coimbra ao estatuto de Capital Europeia da Cultura.

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM