COIMBRA,17 de Setembro de 2021

CDU salienta que não é “muleta” de ninguém em Coimbra

30 de Julho 2021 Rádio Regional do Centro: CDU salienta que não é “muleta” de ninguém em Coimbra

O candidato da CDU à Câmara de Coimbra, Francisco Queirós, afirmou, esta sexta-feira, que a coligação não é “muleta” de qualquer partido, frisando a sua “total autonomia e independência”, ao serviço das populações do concelho.

“Essa história das muletas é muito antiga. Ainda não havia coxo e já se inventava a história das muletas. Era o vodka com laranja [quando o PSD liderava o Município], era o vodka não sei o quê. Os comunistas, os seus aliados e amigos têm esta forma de estar no poder local, ao serviço das populações. Desde que respeitem os nossos princípios, a nossa total autonomia e independência, devemos e podemos estar no exercício de cargos municipais” – afirmou Francisco Queirós, que falava após a entrega das listas no Tribunal de Coimbra.

O candidato e vereador eleito respondia a questões dos jornalistas, sobre a acusação de que a CDU é a “muleta” do PS, com maioria no Executivo.

Francisco Queirós salientou que a CDU “está presente autonomamente com o seu programa e quando tem que votar contra, vota”.

“Neste mandato, já criámos seríssimos problemas à maioria do PS, nomeadamente em sede de discussão do orçamento municipal”, notou.

O cabeça de lista da CDU realçou que as listas entregues têm “muita gente nova que nunca tinha participado” no passado nas listas da coligação, “com muita gente independente”, o que “corresponde a um trabalho que tem sido feito junto das populações”.

Depois da perda de mais de 1.500 votos entre as autárquicas de 2013 e de 2017, Francisco Queirós assumiu a vontade de inverter esse sentido, estando “muito animado” o que aconteceu na fase de constituição de listas, esperando um reforço de número de votos e eleitos no concelho.

Em breve, a CDU irá apresentar o seu programa eleitoral, que estará assente “nos princípios de transparência da Câmara Municipal de Coimbra” e com o objectivo de a tornar “mais próxima dos cidadãos”, frisou.

O cabeça de lista à Assembleia Municipal de Coimbra pela CDU volta a ser o antigo director do Conservatório e músico Manuel Pires da Rocha.

Nas últimas eleições, o PS conquistou cinco mandatos na vereação, a coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM conseguiu três, o movimento “Somos Coimbra” alcançou dois e a CDU um.

Francisco Queirós vai disputar as eleições autárquicas deste ano,a 26 de Setembro, com o actual presidente, Manuel Machado (PS), José Manuel Silva, da coligação Juntos Somos Coimbra (PSD, CDS-PP, Nós, Cidadãos!, PPM, Volt, RIR e Aliança), Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra) e Miguel Ângelo Marques (Chega).

Jornal Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM