COIMBRA,18 de Julho de 2024

Câmara da Mealhada desafia Estado a investir mais na Mata do Bussaco

25 de Junho 2024 Rádio Regional do Centro: Câmara da Mealhada desafia Estado a investir mais na Mata do Bussaco

O presidente da Câmara da Mealhada, António Jorge Franco, anunciou esta segunda-feira (24) que o Município está disponível para colaborar com o Estado nos investimentos a realizar na Mata Nacional do Bussaco, com o objectivo de continuar a requalificar e valorizar este importante património localizado no concelho da Mealhada.
Durante o lançamento do concurso público para a concessão da exploração do Palace Hotel do Bussaco, inserido no programa REVIVE, António Jorge Franco aproveitou a presença dos secretários de Estado das Florestas e do Turismo, respectivamente, Rui Ladeira e Pedro Machado, para sublinhar a necessidade de maiores investimentos naquele destino turístico de relevância nacional.
“O património aqui existente merece a dedicação de todos, especialmente a sensibilidade do Governo central para continuar a apoiar este ponto de atracção turística, no que diz respeito ao investimento e à recuperação do património existente”, afirmou o autarca. Defendeu também a continuidade da aposta no turismo militar e a necessidade de continuar a investir no património edificado e natural. “Estamos disponíveis a acompanhar o Estado no investimento necessário para estes objectivos”, acrescentou.
António Jorge Franco expressou satisfação com o programa REVIVE, considerando-o “mais que um projecto de reabilitação do património”. Destacou que o programa é uma “ponte entre o nosso passado de glória e o futuro promissor que aí vem”, transformando memórias em motores do desenvolvimento turístico e económico, em linha com a visão do Município para a revitalização da comunidade e do território.
Guilherme Duarte, presidente da Fundação Mata do Bussaco (FMB), deu início à cerimónia, destacando a importância da abertura deste concurso para o futuro da Mata do Bussaco, um dos locais mais visitados na região Centro. Referindo-se ao Palace Hotel do Bussaco, enfatizou a necessidade de manter os elevados padrões de qualidade exigidos por uma unidade hoteleira de cinco estrelas, vendo na intervenção do Estado um meio essencial para atingir esse objectivo.
O secretário de Estado das Florestas, Rui Ladeira, reconheceu que o REVIVE na Mealhada é um “projecto que há anos precisava de sair do papel”. Comprometeu-se a promover, requalificar e salvaguardar a Mata do Bussaco, anunciando que solicitará ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e à FMB um relatório sobre os trabalhos desenvolvidos e os necessários a realizar, prometendo dedicação e foco.
Pedro Machado, secretário de Estado do Turismo, salientou que o programa de reabilitação, património e turismo “vai gerar economia” no Bussaco, um destino icónico do país. Defendeu que o objectivo é “cuidar, fruir, acrescentar valor e qualidade para quem nos visita” e que o património deve ser reabilitado para ser usufruído, criando condições para que os empresários possam desenvolver os seus projectos.
O Concurso Público Internacional de Concessão do Palace Hotel do Bussaco, que inclui a recuperação de edifícios anexos e do jardim histórico contíguo, está aberto até Outubro de 2024, prevendo um pagamento mínimo de renda do concessionário ao Estado de 51.355,80 euros.
A nível nacional, o programa REVIVE entrou já na terceira fase, abrangendo 65 imóveis, dos quais 31 concursos estão lançados e 23 já celebrados, com um investimento total de 190 milhões de euros, gerando 3 milhões de euros em rendas para o Estado.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM