COIMBRA,4 de Agosto de 2021

Ansião: Município “ganha” mais um ponto de interesse turístico

12 de Março 2021 Rádio Regional do Centro: Ansião: Município “ganha” mais um ponto de interesse turístico

O Município de Ansião irá instalar na aldeia de Granja, freguesia de Santiago da Guarda, um equipamento de Apoio à Visitação como mais um projecto de valorização turística do território.

Com um investimento a ascender os 30 mil euros, o equipamento consistirá num posto de informação que pretende requalificar o local e valorizar a sua identidade enquanto aldeia de calcário e os seus produtos endógenos, nomeadamente agrícolas.

Integrada na Rede de Aldeias de Calcário, projecto a ser desenvolvido pela Associação de Desenvolvimento Terras de Sicó e pelos seis municípios associados, entre eles o de Ansião, a intervenção visa “criar condições de atractividade para quem visita a aldeia, centro de peregrinação na região de Sicó, atravessado pelo Caminho de Santiago e pelos Caminhos de
Fátima”.

“A melhoria das condições dos peregrinos trará benefícios diversos para o território e para a aldeia em particular, nomeadamente a valorização do património histórico, cultural e natural, o enaltecimento da produção local e o enriquecimento do peregrino como turista e da população habitante da aldeia”, sublinhou a edilidade em comunicado.

O projecto da Rede de Aldeias de Calcário, que engloba doze aldeias dos seis municípios, contemplando também a aldeia de Aljazede, na freguesia de Alvorge, tem envolvido o trabalho dos alunos do Mestrado Integrado de Arquitectura, no âmbito de um protocolo de colaboração institucional entre a Terras de Sicó e o Departamento de Arquitectura da Universidade de Coimbra.

Este trabalho de investigação, liderado pelo Professor Adelino Gonçalves, teve início com a sua apresentação pública em Ansião, no passado mês de Setembro, no âmbito da iniciativa “De volta ao rural ou como reforçar a coesão da cidade regional?”, que tem como objectivo delinear estratégias para as aldeias de calcário com vista à sua valorização turística e à coesão territorial e social entre as diferentes aldeias de calcário de Sicó.

Associado a este projecto de valorização turística do Maciço de Sicó, estão o da Área de Paisagem Protegida de Sicó e o processo, ainda em fase inicial, de classificação dos muros de pedra seca como Património Cultural e Imaterial da Humanidade da UNESCO.

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM