COIMBRA,20 de Maio de 2022

Anadia apreensiva com traçado da linha de alta velocidade no concelho

10 de Maio 2022 Rádio Regional do Centro: Anadia apreensiva com traçado da linha de alta velocidade no concelho

O “Aqui Bairrada”, que decorreu no passado fim-de-semana (7 e 8), no Pavilhão de Desportos de Anadia, recebeu mais de cinco mil visitantes. A inauguração do evento contou com a presença da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, enquanto que o encerramento contou com a visita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Na sessão de abertura e aproveitando a presença da ministra da Coesão Territorial, a presidente da Câmara Municipal de Anadia, Maria Teresa Cardoso, manifestou algumas preocupações que estão a criar alguma apreensão ao Município, nomeadamente o futuro traçado da linha de alta velocidade e o processo de transferência de competências em curso para as autarquias.

No que concerne ao traçado da alta velocidade, Maria Teresa Cardoso considerou que “este gigantesco investimento” que vai permitir “reduzir levemente”, o tempo de viagem entre Lisboa e o Porto, “é deveras prejudicial” para o concelho. “A linha irá sobrepor-se a uma das maiores manchas vitivinícolas da região, rasando mesmo projectos enoturisticos de excelência já existentes”, afirmou.

A autarca sublinhou que este corredor ferroviário terá “um impacto muito negativo, num dos setores mais importantes da economia local”, salientando ainda que “a nova linha não acrescentará mesmo nada ao desenvolvimento económico do concelho”, daí que, no seu entender, “o novo troço não se justifique”. O Município de Anadia e os seus órgãos “irão de viva voz manifestar-se contra este projecto, protestando contra o mesmo e exigindo soluções alternativas menos prejudiciais”, adiantou.

Relativamente à transferência de competências, considerou tratar-se de um “presente pervertido”, ou seja, “uma oferta minimalista desfasada da realidade, onde há muitas perguntas sem resposta e falta apoios a vários níveis”, afirmando que “este agitado e desorganizado processo irá fragilizar o poder local, principalmente em termos financeiros”.

Na área da Educação, o Município assumiu as competências no passado dia 1 de Abril, afirmando que “a verba atribuída não corresponde aos encargos que nos estão a passar, estando muito longe das reais necessidades”. Ao nível da saúde, Maria Teresa Cardoso diz que “a preocupação é ainda muito maior.

Estamos muito apreensivos, porque ainda não nos foi dada informação clara e pormenorizada sobre esta matéria. Por este motivo o Município recusou assinar o auto de transferência das competências”.

O presidente da Comissão Vitivinícola da Bairrada (CVB), José Pedro Soares, considerou que este é um momento “para celebrar a Bairrada”. Referiu que os objectivos da região “passam pela sustentabilidade”, do ponto de vista económico e social, assim como ter um sector, “cada vez mais resiliente e valorizador dos seus recursos endógenos”, acrescentando que para que tal suceda “é preciso que se concretize o polo de inovação do espumante”.

Mostrou-se também preocupado com a possibilidade do traçado da linha do comboio de alta velocidade atravessar os vinhedos da Bairrada, deixando no ar a pergunta: “Faz sentido rasgarmos, mais uma vez, a nossa região para que se poupem meia dúzia de minutos entre Lisboa e o Porto?”.

José Pedro Soares destacou ainda o “apoio forte” do Município de Anadia para a concretização desta iniciativa que “valoriza os nossos produtos endógenos”.

A ministra Ana Abrunhosa agradeceu o convite para inaugurar o certame, tendo realçado o “excelente trabalho” realizado, tanto pela CVB, como pelo Município de Anadia, em prol da valorização do território.

Quanto ao futuro polo de inovação do espumante salientou que “é um projecto que necessita do trabalho conjunto de todas as entidades e organismos locais e regionais para que se torne uma realidade”.

No que respeita ao processo de descentralização que está a decorrer diz que “é um caminho que se faz caminhando”, deixando uma palavra de confiança. Deixou também a promessa de partilhar as preocupações do Município no Conselho de Ministros.

O certame encerrou com a visita “surpresa” do presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que teve a oportunidade de “in loco” degustar os néctares e os sabores da Bairrada.

O “Aqui na Bairrada” é maior mostra de vinhos e sabores da região. A organização esteve a cargo da Comissão Vitivinícola da Bairrada, em parceria com o Município de Anadia e com o apoio da Rota da Bairrada, da entidade Turismo do Centro de Portugal e do Instituto da Vinha e do Vinho.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM