COIMBRA,16 de Junho de 2024

Universidade de Coimbra e Fundo Ambiental aliados contra as ameaças aos polinizadores

22 de Janeiro 2024 Rádio Regional do Centro: Universidade de Coimbra e Fundo Ambiental aliados contra as ameaças aos polinizadores

A Universidade de Coimbra (UC) está na vanguarda de uma iniciativa pioneira destinada a preservar e promover a sustentabilidade dos polinizadores em todo o país, numa resposta ao declínio desses insectos. O projecto, denominado PolinizAÇÃO, é coordenado pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), com o apoio do Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e Alterações Climáticas.

Desenvolvido sob a liderança dos docentes e investigadores Sílvia Castro e João Loureiro, do Centro de Ecologia Funcional (CEF) do Departamento de Ciências da Vida (DCV), o PolinizAÇÃO visa enfrentar as ameaças que pairam sobre os polinizadores, tais como abelhas, borboletas e moscas-das-flores.

Em comunicado de imprensa, a UC destacou que o projecto será executado em estreita colaboração com a Rede Colaborativa para a Avaliação, Conservação e Valorização dos Polinizadores e da Polinização (polli.NET). O objectivo é identificar e implementar acções específicas de conservação, ao mesmo tempo que se procura sensibilizar a sociedade para a importância vital desses agentes na biodiversidade e na produção alimentar.

Sílvia Castro enfatiza a importância vital dos polinizadores nos ecossistemas, na agricultura e no bem-estar humano, ressaltando as pressões globais que actualmente enfrentam, como as mudanças climáticas e as alterações no uso do solo.

No âmbito do projecto, será elaborado um Plano de Acção para a Conservação e Promoção dos Polinizadores e Serviços de Polinização em Portugal. Este plano, orientador e pragmático, proporcionará uma base estratégica para as partes interessadas, estabelecendo directrizes claras para promover práticas sustentáveis.

João Loureiro sublinha que o PolinizAÇÃO representa um compromisso sério com a conservação da biodiversidade, envolvendo várias entidades para avaliar o estado actual dos polinizadores em Portugal. O projecto abrange a criação de um programa de monitorização de longa duração, a construção do plano de acção, iniciativas de disseminação e divulgação, e esforços de ciência cidadã para destacar a importância dos polinizadores.

O projecto terá a duração de dois anos e conta com o financiamento do Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e Alterações Climáticas. A execução será realizada em parceria com a Rede polli.NET, envolvendo instituições destacadas como o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), o cE3c – Centre for Ecology, Evolution and Environmental Changes, a Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, o LEAF – Linking Landscape, Environment, Agriculture And Food, o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto, a Associação BIOPOLIS, o Azorean Biodiversity Group da Universidade dos Açores, a Sociedade Portuguesa de Entomologia e o Centro de Conservação das Borboletas de Portugal – Tagis.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM