COIMBRA,16 de Abril de 2024

Unidade Local de Saúde de Coimbra cria Ecossistema Seguro de Dados

25 de Março 2024 Rádio Regional do Centro: Unidade Local de Saúde de Coimbra cria Ecossistema Seguro de Dados

A Unidade Local de Saúde de Coimbra (ULS Coimbra) está a liderar a criação de um Ecossistema Seguro de Dados de Saúde. Este sistema, pronto a ser utilizado por investigadores e parceiros, visa impulsionar projectos de investigação e desenvolvimento de algoritmos para inteligência artificial, contribuindo assim para a integração da organização no futuro Espaço Europeu de Dados de Saúde.

No início de 2024 a ULS Coimbra deu início à execução e implementação de diversas iniciativas relacionadas com dados de saúde, tais como a Rede EHDEN e os projectos Testing and Experimentation Facilities (TEF Health) e Data Governance and User privacy envisioning na European Health Data Space (GUEHDS), em colaboração com parceiros europeus.

Alexandre Lourenço, presidente do Conselho de Administração da ULS Coimbra, sublinhou a importância destes projectos, destacando que “estes alinham-se com a visão estratégica da ULS Coimbra de contribuir para o Ecossistema de Dados de Saúde Português e liderar a implementação do futuro Espaço Europeu de Dados de Saúde”.

A ULS Coimbra integrou formalmente a Rede de Dados European Health Data and Evidence Network (EHDEN), ligada à Agência Europeia do Medicamento e à Federação Europeia da Indústria e Associações Farmacêuticas (EFPIA). Em colaboração com a empresa portuguesa Promptly Health, a organização concluiu a harmonização das suas bases de dados de acordo com um dicionário comum de dados de saúde denominado OMOP, já adoptado por entidades reguladoras na Europa, Estados Unidos da América e Reino Unido, bem como por organizações de saúde conceituadas, como a Erasmus MC na Holanda, a Universidade de Oxford na Inglaterra ou o Instituto Karolinska na Suécia.

“A nossa participação activa na rede EHDEN com a liderança do nó português, e desenvolvimento do TEF Health e GUEHDS são exemplos da nossa ambição de sermos um acelerador da implementação do Espaço Europeu de Dados de Saúde em Portugal”, afirmou Alexandre Lourenço. “Estas colaborações colocam-nos na vanguarda de um movimento global para tornarmos os dados de saúde acessíveis de forma segura e preservando a privacidade, construindo um Ecossistema Seguro de Dados para acelerar a investigação, potenciar o desenvolvimento de novas terapêuticas, com vista a melhorarmos os tratamentos para a nossa comunidade. Isto é particularmente relevante considerando a centralidade da ULS Coimbra no ecossistema de investigação e de educação a nível nacional e europeu”, concluiu.

Estas acções marcam o primeiro passo da ULS Coimbra na implementação do seu Ecossistema de Dados de Saúde durante o ano de 2024. O objectivo é seguir o modelo pioneiro do NHS England com a introdução de Secure Data Environments no país, proporcionando acesso seguro a conjuntos de dados harmonizados para fins de investigação e desenvolvimento de soluções e serviços baseados em inteligência artificial. Essa abordagem será testada com projectos internacionais como o TEF Health e GUEHDS do programa TrustChain, focado em capacitar os sistemas de saúde com os dados necessários para gerir as pandemias do século XXI.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM