COIMBRA,14 de Junho de 2024

Subida da temperatura recomenda medidas de protecção contra calor

29 de Maio 2024 Rádio Regional do Centro: Subida da temperatura recomenda medidas de protecção contra calor

A Direcção-Geral da Saúde recomendou, esta quarta-feira, a adopção de algumas medidas de protecção contra o calor que se vai fazer sentir nos próximos dias. Esta acção surge na sequência das previsões do Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA), que apontam uma subida da temperatura máxima a partir de amanhã (30), podendo atingir os 38 graus.

Os distritos de Évora, Beja, Santarém e Portalegre vão estar sob aviso amarelo entre as 11h desta quinta-feira e as 18h00 de sexta-feira, “devido à persistência de valores elevados da temperatura máxima”, segundo o IPMA. O instituto justifica o aumento na temperatura com o “estabelecimento de uma crista anticiclónica sobre o golfo da Biscaia e um vale depressionário que se estende desde Marrocos em direcção à Península Ibérica que dará origem a uma circulação atmosférica favorável a uma situação de tempo quente e seco em Portugal continental”.

Nas regiões do Centro e Sul do país, os valores poderão mesmo variar entre os 35 e os 38 graus. Está ainda previsto um aumento da temperatura mínima, “aguardando-se valores entre os 20 e os 22 graus na Beira Baixa, Alto Alentejo e sotavento Algarvio na quinta e sexta-feira”. Nesse sentido, o IPMA alerta para o elevado perigo de incêndio rural em vários concelhos do Norte, Centro e Sul.

Medidas de protecção

Tendo em conta estes dados, a DGS apela à população que procure ambientes frescos e arejados, ou climatizados. Recomenda ainda ao aumento da ingestão de água ou de sumos de fruta natural sem açúcares e a que seja evitado o consumo de bebidas alcoólicas, bem como a exposição directa ao sol, sobretudo, entre as 11h00 e as 17h00.

“O uso de roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo, de chapéu de abas largas e óculos de sol com protecção ultravioleta e evitar actividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente, desportivas e de lazer no exterior, são outras das medidas de protecção adicionais recomendadas”, de acordo com a entidade de saúde.

Crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com actividade no exterior, praticantes de actividade física e pessoas isoladas devem ter particular atenção por se tratarem de grupos mais vulneráveis ao calor.

Cátia Barbosa (Jornalista do “Campeão” no Porto)

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM