COIMBRA,24 de Abril de 2024

PSD: “Sentir Portugal” vai permitir fazer boas escolhas para autárquicas de 2025

16 de Janeiro 2023 Rádio Regional do Centro: PSD: “Sentir Portugal” vai permitir fazer boas escolhas para autárquicas de 2025

O presidente do PSD, Luís Montenegro, admitiu esta segunda-feira, em Coimbra, que as visitas no âmbito da iniciativa “Sentir Portugal”, em que passa uma semana em cada distrito do país, vão permitir escolher melhores candidatos para as eleições autárquicas de 2025.

“É verdade que estas visitas também permitem, a mim e ao nosso coordenador autárquico [Pedro Alves], que vem sempre comigo, podermos tirar alguma informação, algum pulsar do que é a realidade local em cada concelho, para podermos fazer boas escolhas nas eleições autárquicas de 2025”, referiu.

Durante um pequeno-almoço com a comunicação social de Coimbra, o quinto distrito escolhido por Luís Montenegro, na sequência do compromisso que assumiu no 40.º Congresso, de passar uma semana por mês nos diferentes distritos de Portugal, o presidente do PSD destacou que o seu mandato acaba em 2024, um ano antes das eleições autárquicas.

“Mas, eu assumi o compromisso de deixar o processo autárquico em suficiente estado de evolução para que a próxima Direcção, seja a nossa ou outra qualquer, poder decidir, no primeiro dia do seu mandato, a grande maioria dos candidatos”, esclareceu.

De acordo com Luís Montenegro, a iniciativa “Sentir Portugal” tem-se revelado “uma experiência espectacular”, que lhe dá a oportunidade de falar com muita gente, ouvir opiniões genuínas e perceber quais são as reais preocupações da população.

“Dá-me oportunidade de conhecer o território de uma forma ainda mais profunda do que aquilo que já conheço e de poder cruzar as duas coisas – território e pessoas – numa perspectiva de poder ajudar o PSD hoje, nas suas várias frentes, a fazer o seu trabalho”, indicou.

Entre os principais problemas que tem encontrado neste périplo, destacou a questão da demografia, com “a maior parte dos concelhos a perderem população”, independentemente de estarem ou não localizados no interior do país.

Também a saúde é uma das áreas que apresenta “mais dificuldades e lacunas”, seguindo-se a educação, onde “os problemas se estão a agudizar”.

Aos jornalistas apontou ainda que as acessibilidades, a agricultura, a atracção de investimento, bem como o ambiente estão também entre as preocupações, a par da questão dos incêndios florestais ou do ordenamento do território.

A iniciativa “Sentir Portugal” arrancou esta segunda-feira na cidade de Coimbra, seguindo pelos vários concelhos do distrito até sexta-feira, com o objectivo de contactar com a realidade local e dialogar com os cidadãos, famílias, municípios e instituições.

É também em Coimbra que o movimento Acreditar, plataforma de discussão com a sociedade civil, promove o primeiro debate dedicado à demografia.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM