COIMBRA,24 de Abril de 2024

Presidente da Junta destaca prioridades nos 96 anos da Freguesia de Marinha das Ondas

23 de Março 2024 Rádio Regional do Centro: Presidente da Junta destaca prioridades nos 96 anos da Freguesia de Marinha das Ondas

Este domingo, 24 de Março, a Freguesia de Marinha das Ondas celebra o seu 96.º aniversário com uma programação repleta que não só enaltece o passado da comunidade, mas também aponta para um futuro promissor. Este ano, as comemorações revestem-se de um significado especial, pois coincidem com os 50 anos do 25 de Abril, um marco histórico que impulsionou o movimento associativo da região.

José Alberto Suzana refere a importância de homenagear e agradecer às colectividades locais pelo incansável trabalho realizado em prol da comunidade ao longo dos anos. “Foi com o 25 de Abril que o movimento associativo teve a sua expansão. Nós vamos comemorar 50 anos de Abril e graças a este momento histórico o movimento associativo floresceu. É fundamental reconhecer o papel vital das nossas colectividades no desenvolvimento e bem-estar dos fregueses”, afirma o presidente da Junta de Freguesia de Marinha das Ondas.

O programa das celebrações inclui uma série de eventos que visam não só recordar a história da freguesia, mas também reunir a comunidade em momentos de convívio e reflexão. A manhã será marcada por uma missa na Igreja Matriz de Marinha das Ondas, seguida pela deposição de uma coroa de flores no cemitério local. Um dos pontos altos será o almoço no CRPL da Praia da Leirosa, onde os participantes poderão desfrutar de uma refeição em ambiente de camaradagem.

À tarde, está agendada uma sessão solene na sede da Junta de Freguesia, que incluirá uma homenagem às associações e colectividades locais, seguida do corte do bolo e brinde. As inscrições para o almoço estão abertas até hoje (21), sendo que os valores variam conforme a faixa etária dos participantes.

Com olhos postos no futuro, o presidente da Junta de Freguesia de Marinha das Ondas, José Alberto Suzana, aponta as diversas questões críticas que têm vindo a emergir na comunidade, nomeadamente relacionadas com habitação e transporte.

José Alberto Suzana estima que residam na freguesia entre 600 a 800 estrangeiros ou seja “cerca de 20% da população são imigrantes”, afirma o presidente.

Um dos principais desafios é a falta de habitação adequada para a crescente população, uma questão que tem sido alvo de esforços conjuntos entre a Junta de Freguesia e a Câmara Municipal. “Estamos a trabalhar para implementar acções que visem disponibilizar mais habitação e a Câmara Municipal também está empenhada neste esforço”, explica.

Outra preocupação é a falta de transporte público, que tem afectado não só a mobilidade dos imigrantes para o trabalho, mas também o acesso a serviços de saúde. “É um problema que afecta não só os imigrantes, mas toda a comunidade. A Junta tem feito o que pode, especialmente no transporte infantil, mas é necessário um esforço conjunto para melhorar a situação”, sublinha José Alberto Suzana.

No que toca à integração dos imigrantes, o presidente destaca o papel fundamental das instituições locais, como a Casa do Povo de Marinha das Ondas e a Cáritas da Leirosa, que têm prestado apoio constante. No entanto, reconhece que ainda há muito a ser feito para garantir uma integração plena e satisfatória.

 

No que diz respeito aos desafios enfrentados pela Junta em 2023 e aos objectivos para 2024, José Alberto Suzana sublinha a questão da habitação como uma das principais preocupações. “O maior problema que temos neste momento é a falta de habitação. Os nossos objectivos para 2024 incluem a realização de diversas obras, tais como melhorias no cemitério, construção de um ossário e um parque verde”, explica o presidente.

“Começamos a ter alguns problemas, não ter habitação, como falava há pouco, nem ter emprego para todos. Portanto, começa a ser um bocadinho mais complicado. Receber mais imigrantes nesta altura começa a ser uma preocupação”, admite o presidente.

Sobre a Expo Ondas, evento que promete marcar o calendário cultural da região, José Alberto Suzana expressa entusiasmo quanto à sua realização. “Este ano o certame, que irá ter lugar nos dias 31 de Maio, 1 e 2 de Junho, vai ter mais expositores e uma variedade de actividades que orgulharão a Marinha das Ondas e todo o sul do concelho. Queremos que seja um marco na Figueira da Foz”, afirma.

Num balanço geral, o presidente demonstra satisfação com a evolução da freguesia, mas sublinha a necessidade de mais investimento em saúde, transporte e habitação. “Gostava de ter mais serviços de saúde, mais transportes, mais habitação e obras essenciais para o desenvolvimento da freguesia, nomeadamente no turismo. Estamos a trabalhar para isso”, conclui José Alberto Suzana.

Assim, o 96.º aniversário da Freguesia de Marinha das Ondas não apenas celebra o seu passado, mas também lança um olhar esperançoso para o futuro, onde os desafios são encarados com determinação e a união da comunidade é valorizada como a chave para o progresso.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM