COIMBRA,19 de Maio de 2024

Pombal assinala 850 anos do foral com maior edição do Mercado Medieval

12 de Abril 2024 Rádio Regional do Centro: Pombal assinala 850 anos do foral com maior edição do Mercado Medieval

Entre os dias 19 e 21 de Abril, o Castelo de Pombal vai regressar ao período medieval. Sob o lema “850 anos do Foral Templário”, são esperados três dias de música, dança, teatro, espectáculos e recriações que prometem fazer “reviver a entrega do Foral a Pombal por Gualdim Pais, Grão-Mestre da Ordem do Templo”, registada a 18 de Junho de 1174.

“A entrega do foral templário, um dos primeiros atribuídos por Gualdim Pais, representa uma data muito significativa para a nossa identidade, para Pombal”, sublinhou o chefe da Unidade de Turismo do município, Nelson Pedrosa, em declarações à agência Lusa. O responsável pela organização do Mercado Medieval adiantou ainda que “é com o foral que surge o Castelo e começam os trabalhos de arroteamento, de cultivo, e de protecção”.

Esta será a “maior edição de sempre” e conta com o envolvimento da comunidade, que promete juntar-se para celebrar os 850 de história. De acordo com o município, o evento pretende desenvolver “um sentimento de pertença”, bem como o alargamento do mercado árabe (souk), que vai ocupar mais área na mata do Castelo.

“Nos 850 anos do foral templários, quisemos ter um evento diferenciado, com alguma maior envergadura”, conta Nelson Pedrosa, caracterizando a iniciativa como “diferenciadora a cada dia”, com vários momentos que tencionam captar a atenção do público, tendo como destaque “o espectáculo alusivo aos 850 anos do foral templário”.

O Mercado Medieval de Pombal tem início a 19 de Abril com a realização de um desfile, da parte da manhã, que estima mobilizar “duas centenas e meia de alunos do concelho”. No dia seguinte (20) vai ser recriado o momento da entrega do foral, no interior do Castelo, pelas 23h. O evento encerra no dia 21, às 21h, com o espectáculo de fogo “A chama”. Pelo meio, haverá espaço para “bobos, cuspidores de fogo, dançarinos, músicos, jograis, artífices, artesãos, mercadores, regatões e taberneiros ocupam o espaço proporcionando aos visitantes uma viagem no tempo repleta de alquimia, saberes e sabores”, descreve a organização.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM