COIMBRA,21 de Fevereiro de 2024

Politécnico de Coimbra promove tertúlias para aproximar academia e sociedade

15 de Janeiro 2024 Rádio Regional do Centro: Politécnico de Coimbra promove tertúlias para aproximar academia e sociedade

O Politécnico de Coimbra (IPC) promove uma tertúlia sobre “A Cultura Portuguesa no Mundo”, esta terça-feira, dia 16, pelas 18h00, no Auditório da Escola Superior de Educação do Politécnico de Coimbra. A iniciativa tem como oradores João de Melo e Cristina Robalo Cordeiro, que vão partilhar com o público a sua experiência, numa conversa moderada por António Vilhena.
Trata-se da primeira tertúlia de um ciclo que o Politécnico de Coimbra está a preparar, com o objectivo de aproximar a comunidade académica da sociedade, convidando várias personalidades externas e internas a partilharem a sua visão do mundo sobre diversas temáticas em conversas que vão ocorrer em diferentes espaços do IPC.
Para o presidente do Politécnico de Coimbra, Jorge Conde, esta iniciativa insere-se no objectivo de “continuar a fazer da nossa instituição uma referência na ligação ao território, assim como na missão das instituições de ensino superior que vai muito para lá de ensinar pessoas”. Segundo o responsável, este ciclo de tertúlias pretende abordar um conjunto de temas de interesse geral, “fomentando a cidadania e aumentando a literacia dos que connosco estiverem disponíveis para fazer este caminho”. “Mais do que ensinar, queremos educar, seja sobre cultura, seja sobre outros temas que a curto prazo divulgaremos”, acrescenta.
As tertúlias irão acontecer, previsivelmente, uma vez por mês ao longo de 2024 e serão anunciadas oportunamente. O ciclo de tertúlias está integrado nas comemorações dos 45 anos do Politécnico de Coimbra, que se assinalam no dia 9 de Julho de 2024.

Convidados da tertúlia “A Cultura Portuguesa no Mundo”:

João de Melo é natural da Ilha de São Miguel, foi professor dos ensinos secundário e superior e, entre 2001 e 2010, assumiu o cargo de conselheiro cultural na Embaixada de Portugal em Espanha, tendo aí levado a cabo uma divulgação sem precedentes da cultura portuguesa no país vizinho. Autor de uma trintena de obras de ficção, de entre romances, novelas e contos, bem como de antologias, crónicas, livros de viagem e poesia, tendo várias delas sido traduzidas em mais de uma dezena de países europeus e americanos. Recebeu prémios literários de prestígio, entre os quais:
“Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores”, “Prémio Eça de Queirós/Cidade de Lisboa”, “Prémio Internacional Cristóvão Colombo”, “Prémio Fernando Namora”, “Grande Prémio DST de Romance”, “Prémio Urbano Tavares Rodrigues” – e, pelo conjunto dessa obra, o “Prémio Vergílio Ferreira” (2016). O seu romance mais conhecido, “Gente Feliz com Lágrimas”, foi adaptado a série de televisão por José Medeiros, e ao teatro por João Brites para o grupo “O Bando”. Condecorado com as Ordens de Santiago da Espada e do Infante Dom Henrique, com as medalhas de “Mérito Cívico” (Assembleia Regional dos Açores) e “Mérito Cultural” (Ministério da Cultura), é também “cidadão honorário” do seu Concelho de Nordeste desde 2015.

Cristina Robalo-Cordeiro é professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, de que foi Vice-Reitora de 2003 a 2011, tendo obtido um doutoramento de 3º Ciclo, em Poitiers, em 1980, e um doutoramento pela Universidade de Coimbra, em 1991. Consagrou o seu trabalho e investigação ao estudo da Literatura, sobretudo na área dos estudos franceses e francófonos, tendo sido coordenadora de estágios na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, de 1992 a 2002. Exerce actualmente as funções de Cônsul Honorária de França em Coimbra, Presidente da Alliance Française de Coimbra, Vice-presidente da associação europeia de estudos francófonos, Secretária-Geral do RESUFF (réseau Francophone des Femmes leader dans l’enseignement supérieur) e Presidente da CUM, Communauté des Universités de la Méditerranée. Exerceu igualmente as funções de Directora do Bureau Magrebe da Agência universitária da Francofonia, com sede em Rabat, Marrocos, de 2012 a 2016. É autora de 14 livros (10 ensaios, um livro de novelas e três romances), de seis traduções de livros e de cerca de 200 artigos, tendo proferido conferências em 19 países. Foi membro da Comissão Interministerial do Plano Nacional de Leitura e coordenadora do Plano Nacional de Leitura para a Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, é membro do Conselho de Curadores da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES) e da Comissão de Honra da Convenção sobre o Ensino Superior. Entre os variados prémios e distinções de que foi alvo, destacam-se os seguintes: Prix Richelieu Senghor de la Francophonie, 2008, Prémio Literário Orlando Gonçalves (Menção Honrosa), Chevalier de la Légion d’Honneur, 2014, Comendador da Ordem D. Infante Henrique, 2015, Chevalier de l’Ordre des Arts et des Lettres, 2020.

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM