COIMBRA,24 de Fevereiro de 2024

Mostra de Doçaria Conventual atraiu milhares de visitantes ao Convento São Francisco

6 de Março 2023 Rádio Regional do Centro: Mostra de Doçaria Conventual atraiu milhares de visitantes ao Convento São Francisco

A XII Mostra de Doçaria Conventual e Contemporânea de Coimbra atraiu milhares de visitantes ao Convento São Francisco durante o fim de semana. O sucesso do evento ficou demonstrado pela elevada adesão, mas também pela qualidade do programa, que primou pela conjugação entre o tradicional e o contemporâneo e pela ampla representatividade de doceiros, provenientes de todo o país e de Santiago de Compostela. A próxima edição do evento pretende uma maior consolidação e crescimento com os parceiros, dar continuidade ao trabalho de salvaguarda e de preservação do património alimentar doceiro, incentivar a afirmação do potencial da doçaria da região de Coimbra e, ainda, adquirir maior expressão internacional.

A edição deste ano da Mostra de Doçaria Conventual e Contemporânea, que se realizou pela primeira vez no Convento São Francisco, acolheu milhares de pessoas nos dois dias do evento, que se deslocaram até ao novo espaço para fruir da diversidade de iguarias e, também, dos vários workshops e espectáculos que integraram a oferta cultural e que pretenderam estimular as dinâmicas entre o património material e imaterial, o desenvolvimento da inovação e o conhecimento desta arte de saber-fazer.

A cerimónia de inauguração contou com a presença de Dom Gumersindo Guinarte Cabada, Conselheiro Responsável da Presidência, Relações Institucionais e Turismo do Governo Municipal e Segundo Tenente de Alcalde, de Santiago de Compostela – cidade geminada com Coimbra – facto que reforça o envolvimento e a cooperação do município com parceiros internacionais. A riqueza de saberes e sabores esteve em destaque nos 36 expositores, com o volume de vendas “a ultrapassar as expectativas dos presentes em relação aos anos anteriores”, considerou Gabriel Faneca, presidente da Associação de Doceiros de Coimbra (ADOC). O espaço “nobre” onde foi realizado o evento e a fácil acessibilidade “favoreceram a deslocação do público”, numa mostra que contribuiu para esgotar, sem precedentes, o parque de estacionamento do Convento São Francisco.

A diversidade das propostas culturais assumiu uma vantagem acrescida, com a dinamização de workshops temáticos e proporcionados pelos chefs Eduardo Vicente, Luís Gomes e Paulo Queirós, que convidaram o público para a confecção e degustação de doces em harmonização com bebidas. O impulso à criação resultou na apresentação de um cocktail inovador, o “Conventual”, concebido de propósito para esta mostra pela Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra (EHTC), e pela prova de doces de Coimbra, oferecidos aos visitantes.

O “Coro das Freiráticas”, apresentado pela Cooperativa Bonifrates, evocou, ao ar livre e de forma inspiradora, os outeiros conventuais, obtendo uma resposta muito satisfatória por parte do público. O primeiro dia do evento ficou também marcado pela programação na Capela da Ordem Terceira, onde o fadista António Ataíde, acompanhado por Hugo Gamboias (guitarra de
Coimbra) e Nuno Botelho (viola), apresentou um espectáculo único de Canção de Coimbra para mais de uma centena de pessoas – um momento singular para o diálogo entre o
património material e imaterial de Coimbra.

Na programação de domingo, para além dos workshops, a tertúlia com degustação “Comer com os Olhos” juntou Guida Cândido e Paulo Queirós numa interessante conversa em torno das suas experiências nas áreas da gastronomia e da culinária, moderada por Catarina Camacho, seguida pelo recital “A Poesia é para Comer”, uma encomenda do Município de Coimbra, protagonizada pela voz de Pedro Lamares. Ambas as sessões registaram uma forte adesão e elevada presença.

O último dia culminou com a animada actuação dos Guitarrinhos do Mondego, da MUS.MUS.CBR – Associação Cultural Museu da Música de Coimbra, que fechou com chave de ouro mais uma edição da Mostra de Doçaria Conventual e Contemporânea de Coimbra, evento que voltará a integrar a agenda cultural municipal no primeiro trimestre do próximo ano, com a ambição de alargar a Mostra a outros espaços do Convento São Francisco.

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM