COIMBRA,21 de Fevereiro de 2024

Migrantes contam a sua história a alunos de Oliveira do Bairro

4 de Março 2023 Rádio Regional do Centro: Migrantes contam a sua história a alunos de Oliveira do Bairro

O Município de Oliveira do Bairro, em parceria com o Agrupamento de Escolas, está a promover um ciclo de sessões para alunos, onde dá a conhecer pessoas de outros países que residem no Concelho, com o objectivo de promover a integração de migrantes.

“Rostos com História” é o nome da iniciativa dirigida a alunos do 8.º ano, enquadrada nas disciplinas de Geografia e Cidadania, que dá a conhecer histórias contadas na primeira pessoa, de quem saiu dos seus países para fugir à guerra, à miséria ou por questões políticas. A primeira sessão realizou-se no final de Fevereiro e contou com a presença de um jovem indiano que estudava na Ucrânia e que veio para Portugal quando a guerra naquele país começou, vivendo e trabalhando actualmente no Concelho de Oliveira do Bairro. Gurbaz contou a sua história de vida aos alunos e deu a conhecer alguns aspectos da cultura indiana, bem como as maiores dificuldades que sentiu e ainda sente na integração na sociedade portuguesa, confirmando que, apesar disso, gosta muito de viver e trabalhar no concelho de Oliveira do Bairro.

A acção “Rostos com História”, que está integrada no projecto “Oliveira do Bairro Acolhe”, pretende dar a conhecer aos alunos a diversidade de pessoas com quem partilham o território, de forma a valorizar as características e o percurso individual que cada um trilhou, utilizando a empatia como catalisador no processo de integração. O projecto “Oliveira do Bairro Acolhe”, cofinanciado pelo Fundo para o Asilo, a Migração e a Integração (FAMI), visa prestar apoio aos beneficiários ou requerentes de protecção internacional ou protecção temporária, oriundos do Afeganistão e da Ucrânia, através da sua recepção, acolhimento e integração no concelho de Oliveira do Bairro, em articulação com a rede social local e com os serviços e entidades regionais e nacionais responsáveis neste domínio de intervenção.

O financiamento do FAMI foi conseguido através de candidatura, tendo este projecto ficado em terceiro lugar a nível nacional, com a mesma pontuação dos dois primeiros, conseguindo 106.128,62 euros, correspondente a uma comparticipação de 75% do valor total elegível de 141.504,83 euros.

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM