COIMBRA,24 de Fevereiro de 2024

Lançada Cátedra UNESCO sobre “A Cidade que Educa e Transforma” em Lisboa

1 de Março 2023 Rádio Regional do Centro: Lançada Cátedra UNESCO sobre “A Cidade que Educa e Transforma” em Lisboa

A Sala do Arquivo, nos Paços do Concelho, no Edifício da Câmara Municipal de Lisboa, foi o local escolhido para a sessão solene de lançamento da Cátedra UNESCO – A Cidade que Educa e Transforma. O evento contou com a presença de ilustres convidados e teve como oradora principal a presidente do ISEC Lisboa, Cristina Ventura.

Durante o seu discurso, Cristina Ventura explicou que esta é a 20.ª Cátedra atribuída pela UNESCO a uma instituição de ensino portuguesa, a 4.ª atribuída em Portugal a uma instituição de ensino superior politécnica e a 2.ª a uma instituição do ensino superior do subsector privado. A Cátedra é suportada por uma rede internacional com o mesmo nome (RICET – Rede Internacional A Cidade que Educa e Transforma), liderada pelo Instituto Superior de Educação e Ciências de Lisboa e constituída por 12 instituições de ensino, não superior e superior, universitário e politécnico de natureza pública, privada, comunitária e fundacional de Portugal, do Brasil e da Guiné-Bissau.

Jaqueline Moll, representante da Universidade Federal de Rio Grande do Sul, Brasil, que integra o consórcio, também falou no evento. Ela afirmou que “é preciso reconhecer os desafios e necessidades da sociedade e trabalhar juntos na tarefa de formar um mundo cívico e sustentável para as próximas gerações. Os temas ambientais, seguramente, atravessaram a Cátedra, porque é preciso”, sublinhou.

O professor doutor Pedro Lourtie destacou, durante a sua intervenção na sessão solene, a importância da educação para a construção da comunidade e de uma cidadania livre, responsável e solidária, lembrando que a educação transcende as paredes da escola e impregna toda a cidade. Também destacou os desafios ambientais, de democracia, justiça social e mobilização da intervenção que a humanidade enfrenta. Ele apresentou perguntas e ferramentas para acção, incluindo objectivos privilegiados, mobilização de recursos e envolvimento dos cidadãos, além de combater a discriminação e promover a justiça social para promover a coesão social e melhorar o ambiente na cidade e no mundo.

Vítor Ramalho, da UCCLA, destacou a importância da língua portuguesa e das cidades, onde a maioria da população mundial vive, na nova Cátedra da UNESCO que foi iniciada pelo grupo de instituições de ensino.

A vereadora Sofia Athayde da Câmara Municipal de Lisboa agradeceu à UNESCO e expressou a sua honra em sediar a iniciativa e destacou que isso ajudará a cumprir o objectivo de tornar Lisboa numa cidade cada vez mais educadora e transformadora.

Os parceiros receberam os protocolos para assumir funções na Rede Internacional A Cidade que Educa e Transforma, e houve um Porto de Honra para comemorar o compromisso e a responsabilidade assumidos.

Um dos coordenadores da nova Cátedra é o doutor Luís Caetano, natural de Viseu.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM