COIMBRA,16 de Abril de 2024

ESEnfC organiza II Colóquio Internacional de Envelhecimento, Saúde e Cidadania

27 de Outubro 2022 Rádio Regional do Centro: ESEnfC organiza II Colóquio Internacional de Envelhecimento, Saúde e Cidadania

A Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) organiza, amanhã (28), o II Colóquio Internacional Envelhecimento, Saúde e Cidadania, com a participação de especialistas de Espanha, do Brasil e dos Estados Unidos da América que, juntamente com os responsáveis por experiências nacionais, procurarão contribuir para «desenhar o melhor percurso para a formação em Enfermagem Gerontogeriátrica em Portugal».

A aquisição e actualização de conhecimentos em Enfermagem Gerontogeriátrica, as perspectivas e desafios para esta área profissional, bem como as experiências internacionais no campo das intervenções em saúde dos idosos, são os temas que vão nortear os três painéis que preenchem o programa deste encontro, marcado para o Polo A da ESEnfC (Avenida Bissaya Barreto, em Celas).

O Presidente da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra, ESEnfC, António Amaral, o coordenador da Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem, João Apóstolo, a coordenadora da Unidade Científico-Pedagógica de Enfermagem do Idoso, da ESEnfC, Maria de Lurdes Almeida, e o representante da Ordem dos Enfermeiros, Luís Barreira, são as personalidades convidadas para a sessão de abertura, às 9h00.

Além de docentes e profissionais de saúde portugueses, o colóquio beneficia dos testemunhos de Fernando Martínez Cuervo (presidente da Sociedade Espanhola de Enfermagem Geriátrica), de Larissa Chaves Pedreira (professora associada da Escola de Enfermagem da Universidade Federal da Bahia) e de Elizabeth Capezuti (professora catedrática da Escola de Enfermagem Hunter-Bellevue, da cidade de Nova Iorque, cujo programa de doutoramento em Enfermagem coordena). Os três intervirão no período da tarde (após as 14h00), no painel “Enfermagem Gerontogeriátrica: experiências internacionais”.

«Portugal é um dos países mais envelhecidos do mundo. Esta posição demográfica é, em muitos casos, acompanhada por uma transição epidemiológica, especialmente associada a uma crescente prevalência de doenças crónicas e síndromes geriátricas, o que contribui para um aumento da dependência física, psíquica e social, diminuição da funcionalidade e um aumento da necessidade de mais e melhores cuidados de saúde», constata a Unidade Científico-Pedagógica de Enfermagem do Idoso, da ESEnfC. Daí que, prossegue a organização do encontro, «os enfermeiros» sejam «desafiados à implementação de um leque alargado e contínuo de cuidados que lhes permitam satisfazer as necessidades singulares (biológicas, sociais e económicas) e potencialidades daqueles que envelhecem».

Mais informações sobre este II Colóquio Internacional Envelhecimento, Saúde e Cidadania estão disponíveis a partir do sítio do evento na Internet, em www.esenfc.pt/event/esc2022.

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM