COIMBRA,16 de Junho de 2024

Coimbra: RAMPA.1 vai contar com a participação de 10 jovens na área da dança

19 de Janeiro 2024 Rádio Regional do Centro: Coimbra: RAMPA.1 vai contar com a participação de 10 jovens na área da dança

A audição para o RAMPA.1 decorreu no Convento São Francisco (CSF), em Coimbra, e permitiu a selecção de 10 jovens interpretes na área da dança.

O projecto, realizado numa articulação estratégica entre o CSF, o Teatro Académico de Gil Vicente (TAGV), o Teatrão e a Escola da Noite – entidades integradas na Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses – é direccionado à formação artística de jovens na área da dança e é coordenado, nesta edição, pelo coreógrafo Miguel Pereira, assistido por Pietro Romani.

A selecção teve como base a expressividade e a capacidade de improviso, bem como os contributos inesperados e os detalhes. Foram, então, escolhidos para a edição do RAMPA.1: Cristiana Piorro Viola (24 anos), Francisca Gouveia (19 anos), Francisca Fonseca (15 anos), José Pedro Varela (16 anos), Sofia Rosado (17 anos), Gabriel Cruz (17 anos), Marta Bajouco (22 anos), Xavier Coelho (18 anos), Inês Pombo (17 anos) e Lucas Mariz (17 anos).

Os candidatos seleccionados são provenientes de várias escolas de dança de Coimbra, do Porto e da Lousã, sendo que a sua formação passa pela dança, mas também pelo teatro e pelas artes performativas.

Tendo em vista a criação do espectáculo, o coreógrafo Miguel Pereira propõe aos jovens participantes “que saiam da sua zona de conforto, que se relacionem com o improviso em direcção ao mistério do que ainda desconhecem de si mesmos, mas também, muito importante, que se divirtam em todo o processo”.

Ao longo dos próximos meses, através dos elementos físicos e imateriais que os jovens bailarinos vão expressando, Miguel Pereira vai descodificar essa mesma matéria e construir uma nova linguagem nascida de um processo de pura criação.

Recorde-se que o RAMPA é um projecto de criação e de formação artísticas em dança e surgiu como resposta à necessidade percepcionada pelas entidades coorganizadoras do festival à falta de oportunidades na região de Coimbra que proporcionassem momentos de trabalho entre jovens bailarinas e bailarinos e intérpretes de dança, com coreógrafos de renome.

O final deste programa de trabalho será a apresentação de uma peça original, integrada na programação do Festival Abril Dança Coimbra, nos dias 5 e 6 de Abril, na Blackbox do Convento São Francisco, local onde decorrem todos os ensaios ao longos dos próximos meses.

O Convento São Francisco é um equipamento cultural do Município de Coimbra, integrado na Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM