COIMBRA,19 de Abril de 2024

Coimbra: Alameda Infante D. Pedro com trânsito condicionado

1 de Fevereiro 2023 Rádio Regional do Centro: Coimbra: Alameda Infante D. Pedro com trânsito condicionado

A Alameda Infante Dom Pedro, na freguesia de Santo António dos Olivais, em Coimbra, vai estar com o trânsito automóvel condicionado a partir da tarde de quinta-feira, dia 2 de Fevereiro, devido a trabalhos de reparação parcial do pavimento.

Esta é uma intervenção realizada no âmbito da operação de requalificação da rede viária do concelho levada a cabo pela Câmara Municipal de Coimbra. Os trabalhos vão decorrer durante três dias úteis e implicam a circulação alternada na alameda, com instalação de semáforos, durante o seu período de execução, entre as 8h00 e as 18h00.

Segundo a Câmara, os trabalhos podem gerar algumas implicações no acesso dos moradores e vão obrigar, ainda, ao corte de trânsito temporário na Rua D. Sancho I, quando for executado o pavimento do lado direito da faixa, em direcção à rotunda.

Esta intervenção enquadra-se na ampla operação de requalificação da rede viária do concelho, que representa um investimento global superior a cinco milhões de euros. Recorde-se que a empreitada abrange toda a área geográfica do município e a contratação foi realizada por lotes.

Os lotes foram definidos mediante critérios de proximidade geográfica, homogeneidade nas caraterísticas das plataformas viárias e semelhança entre as áreas de pavimentos existentes no lote e também entre as necessidades já identificadas, que irá representar uma área de pavimentações betuminosas de cerca de 360 mil m2. Os lotes 1, 2 e 7 foram adjudicados à empresa Civibérica – Obras Civis, S.A, e os lotes 3, 4, 5, 6 e 8 à Prioridade – Construção de Vias de Comunicação, S.A.

Esta é uma operação que visa a conservação da rede viária de todo o concelho, com maior incidência na requalificação dos pavimentos rodoviários betuminosos, mas que inclui também a conservação e requalificação de diversos outros elementos que integram a plataforma viária, designadamente pavimentos em calçada, passeios, bermas, valetas, drenagens, taludes, mutos de suporte, guardas de segurança e sinalização horizontal.

O objectivo é manter o estado de conservação e funcionamento dos elementos existentes, tendo sido ainda equacionada a execução de novas construções quando estas se enquadrem em medidas que se venham a revelar urgentes face à alteração de circunstâncias por ruína ou perda de condições de segurança ou, ainda, por delas resultarem melhorias notórias nas condições de conservação futura dos elementos envolvidos.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM