COIMBRA,13 de Abril de 2024

Ciclo de Música da UC “Orphika” encerra quinta-feira com homenagem a António Arnaut

6 de Dezembro 2022 Rádio Regional do Centro: Ciclo de Música da UC “Orphika” encerra quinta-feira com homenagem a António Arnaut

Paulo Bernardino, a Orquestra Clássica do Centro e quatro coros sobem, na quinta-feira (8), ao palco do Grande Auditório do Convento São Francisco, em Coimbra, pelas 19h00, para interpretar Cantata de Natal “O Pássaro Azul”.

Este será o concerto de encerramento da 4.ª edição do ciclo de música Orphika, promovido pela Universidade de Coimbra (UC). A obra coral-sinfónica – criada por Paulo Bernardino (compositor e organista titular da Capela de São Miguel da UC) e financiada no âmbito do programa “Garantir Cultura” – é uma forma de homenagem a António Arnaut (1936-2018), político, advogado e escritor que ficou conhecido como o “Pai do Serviço Nacional de Saúde” (SNS).

Nesta Cantata de Natal, que será interpretada em público pela primeira vez, Paulo Bernardino, natural do concelho de Penela como António Arnaut, transforma em música os textos de “O Pássaro Azul – Contos e Poemas de Natal” (obra publicada pelo conterrâneo em 1998). Arnaut, que sempre se declarou agnóstico, revela nesta obra literária “o verdadeiro espírito natalício cristão: nada de luzes, festas ou grandes banquetes. Nesse cenário, o Homem sofre por todos aqueles que foram esquecidos pela Humanidade. Enquanto uns festejam o ‘Natal’, Arnaut celebra o amor.

Esta Cantata procura “dar asas ao pássaro azul, transpondo os textos para o formato coral sinfónico, em homenagem à bravura do SNS e a todos os artistas que tanto têm sido condicionados com a pandemia”, nota Paulo Bernardino.

“Esta homenagem a António Arnaut é a melhor forma de encerrar a 4ª edição do ciclo de música Orphika, pois sublinha a união da Universidade, da Cidade e da região à volta de uma figura carismática, em que todo o país reconhece um notável cidadão e homem de cultura. O forte impacto artístico e mediático desta edição do Orphika constitui, ainda, a outra face visível da centralidade cultural que Coimbra tem, crescentemente, de reclamar para si”, declara o vice-Reitor da UC para a Cultura e a Ciência Aberta, Delfim Leão.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM