COIMBRA,18 de Maio de 2024

Centro de Arte Contemporânea inaugura exposição inspirada em Eduardo Lourenço no sábado

7 de Novembro 2023 Rádio Regional do Centro: Centro de Arte Contemporânea inaugura exposição inspirada em Eduardo Lourenço no sábado

O Centro de Arte Contemporânea de Coimbra (CACC) vai inaugurar no próximo sábado, dia 11 de Novembro, às 15h00, a exposição temporária “Visitante Ocasional”, inspirada na obra “Espelho Imaginário: Pintura, Antipintura e Não-pintura”, de 1971, de Eduardo Lourenço. A mostra, com a curadoria de José Maçãs de Carvalho, e que integra as comemorações do centenário de Eduardo Lourenço, vai estar patente até 18 de Fevereiro do próximo ano.
Inspirada na obra de Eduardo Lourenço, onde o pensador reflecte sobre a sua posição como espectador “ocasional” perante a obra de arte e esta como uma “aventura metafórica terminada”, “Visitante Ocasional” tem a curadoria de José Maçãs de Carvalho e reúne obras da Colecção de Arte Contemporânea do Estado e colecções privadas (Col.Privada/Coimbra; Col. E.R., Col. Isabel e Carlos/Coimbra).
A mostra vai contar com a presença de obras de renomados artistas: Álvaro Lapa, António Bolota, Dayana Lucas, Eugénia Mussa, Eva Rothschild, Fernão Cruz, Gabriela Albergaria, Helena Almeida, Jorge Martins, José Pedro Croft, Luís Nobre, Nuno Sousa Vieira, Rui Calçada Bastos, Rui Chafes e Susanne S. D. Themlitz.
Com “Visitante Ocasional”, “o projecto curatorial parte do pressuposto enunciado por Eduardo Lourenço sobre si próprio perante a obra de arte, mas também da afirmação de que a obra de arte é uma ‘aventura metafórica terminada’”, tal como explica José Maçãs de Carvalho. “O visitante ocasional será, porventura, aquele que ainda ‘cabe’ na obra, que ainda é capaz de se espantar perante o imaginário que reveste a obra de arte e, por isso, procurámos e encontrámos obras que contêm vazios, ora literais (espaços em branco ou transparentes) ora metafóricos (lugares sem contexto, tempo ou lugar)”, explana o curador.
A mostra integra as comemorações do centenário de Eduardo Lourenço, promovidas pelo Centro de Estudos Ibéricos, dinamizadas por António Pedro Pita, da Universidade de Coimbra, na qual o Município também participa.
A exposição estará patente até dia 18 de Fevereiro de 2024, de terça a sexta-feira, das 10h00 às 18h00, ao sábado e domingo, das 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00, encerrando à segunda-feira e aos feriados.
Bilhética:
Bilhete geral: 3€
Bilhete estudante e ≥ 60: 2,50€
Bilhete geral individual para acesso ao CACC mais os 3 núcleos do Museu Municipal, com
validade para 2 semanas: 5,00€
Bilhete para estudantes e ≥ de 60 anos para acesso ao CACC mais os 3 núcleos do Museu
Municipal, com validade para 2 semanas: 4,00€
Bilhete familiar até 4 elementos: 1 ou 2 adultos e 2 ou 3 jovens dos 12 aos 18 anos, para
visitar o CACC mais os 3 núcleos do Museu Municipal: 7,50€
Bilhete de grupo com mais de 10 elementos – por elemento para visitar o CACC: 2,00€; por
elemento para visitar o CACC mais os 3 núcleos do Museu Municipal, com validade para
duas semanas: 4,00€.
Grupos escolares do concelho de Coimbra: Gratuito
Crianças até 12 anos: Gratuito

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM