COIMBRA,19 de Abril de 2024

Câmara de Coimbra apoia com 223 mil euros obras em 11 infraestruturas desportivas

28 de Novembro 2022 Rádio Regional do Centro: Câmara de Coimbra apoia com 223 mil euros obras em 11 infraestruturas desportivas

A Câmara de Coimbra vai analisar e votar, na reunião do Executivo desta segunda-feira, apoios financeiros a 11 entidades desportivas, através de contratos programa, no valor total de 223 mil euros.

Das 21 candidaturas recebidas ao Regulamento Municipal de Reabilitação de Infraestruturas Desportivas (RMRID) foram consideradas elegíveis 11: Clube Desportivo Pedrulhense (10.000 euros), Centro Cultural de Zouparria do Monte (10.000 euros), Centro Hípico de Coimbra (40.000 euros), Centro Norton de Matos (10.000 euros), Centro Social de Marmeleira (10.000 euros), Clube Futebol Santa Clara (10.000 euros), Clube de Ténis de Coimbra (28.100 euros), Centro Popular de Trabalhadores do Sobral de Ceira (50.000 euros), Desperta Capacidade – Associação Desportiva, Recreativa, Cultural e Social (5.000 euros), Esperança Atlético Clube (20.000 euros) e Associação Desportiva e Cultural da Adémia (30.000 euros).

Os montantes agora atribuídos vão suprir as mais variadas necessidades elencadas pelas entidades desportivas como, por exemplo, no caso do Clube Desportivo Pedrulhense, a requalificação da rede de esgotos e de electricidade do Campo da Pedrulha.

Já o Centro Cultural de Zouparria do Monte apresentou candidatura no âmbito da requalificação do recinto desportivo, cobertura, pavimentação e asfaltamento da área exterior.

No caso do Centro Hípico de Coimbra a candidatura é feita para a requalificação dos pisos em areia sílica, com o objectivo de realizar provas nacionais e internacionais, bem como contributo para a prossecução do ensino da arte equestre através da escola equestre.

O Centro Norton de Matos apresentou candidatura para a conservação e modernização do ginásio/pavilhão, consistindo a intervenção na substituição do tecto falso, dotação de iluminação LED, conservação do piso em madeira e substituição de portas de emergência.

Já o Centro Social da Marmeleira apostou na requalificação do pavilhão, substituição da caixilharia de alumínio e aplicação de sistema (ETICS) CAP-POTO.

Por sua vez, o Clube Futebol Santa Clara apresentou candidatura para a conservação e modernização do pavilhão, ampliação do ginásio de musculação, e dignificação dos espaços de apoio à sala de convívio e bar e relocalização dos serviços administrativos.

O Clube de Ténis de Coimbra pretende requalificar os campos de ténis (regularização dos campos e colocação de novos tapetes de relva sintética).

Por sua vez, o Centro Popular de Trabalhadores do Sobral de Ceira quer modernizar o Centro de Lançamentos, regularização do pavimento e sua compactação, construção de valas para escoamento de águas, finalização dos sectores de lançamentos e revestimento da zona de balanço e lançamento do dardo e montagem do sistema de iluminação.

A Desperta Capacidade – Associação Desportiva, Recreativa, Cultural e Social apresentou candidatura para remover a cobertura do pavilhão de amianto, recuperar o piso do pavilhão, colocando um pavimento em borracha amovível, substituir o portão de acesso ao pavilhão, actualizar a rede eléctrica e sistema de iluminação munindo de lâmpadas LED, renovar o balneário e as instalações sanitárias, pintura do pavilhão interior e exterior.

O Esperança Atlético Clube pretende a requalificação, conservação e modernização do Complexo Desportivo, construção de novos balneários e/ou construir uma bancada para 150/200 pessoas.

Por sua vez, a Associação Desportiva e Cultural da Adémia apresentou candidatura no âmbito da conservação e modernização das “infraestruturas existentes para melhoramento das condições de apoio à formação.

O RMRID, criado em 2019, destina-se a apoiar, financeiramente, obras de reabilitação, de recuperação e de salvaguarda das questões de segurança, em infraestruturas desportivas que, pelos seus anos de funcionamento, e de acordo com questões de manutenção inerentes, precisam de intervenção com o intuito de garantir a durabilidade das mesmas, evitando o risco de ficarem obsoletas para a prática desportiva.

Este apoio é atribuído com base no entendimento de que o Município de Coimbra “tem um papel supletivo, de suporte e iniciador de processos de desenvolvimento do desporto, organizados com uma base territorial, em consonância com as suas competências e atribuições, e uma política desportiva, que tem por princípio base a melhoria da qualidade de vida e de saúde das populações, não existindo uma visão redutora e localizada apenas no número de praticantes desportivos, mas sim de amplitude para o tipo de práticas, para a qualidade da sua prestação e para os benefícios que elas trazem ao praticante e ao cidadão”, pode ler-se na informação técnica.

Fonte: Campeão das Províncias

GRUPO MEDIA CENTRO  |  SOBRE NÓS  |  ESTATUTO EDITORIAL  |  CONTACTOS

AS NOSSAS RÁDIOS

 

Todos os direitos reservados Grupo Media Centro

Rua Adriano Lucas, 216 - Fracção D Eiras - Coimbra 3020-430 Coimbra

Powered by Digital RM